25 ago 2004 - 22h19

Fórum Furacao.com: um ano de sucesso

Os torcedores do Atlético estão mostrando mais uma vez porque fazem parte da torcida mais apaixonada e fanática do Brasil. No dia de hoje, o Fórum Furacao.com está completando um ano de vida, consagrando-se como o maior movimento de discussão on-line de um time de futebol do país. São mais de 102 mil mensagens, mais de 1120 cadastrados e quase 300 mensagens postadas diariamente, confirmando o sucesso do ponto de encontro dos atleticanos na Internet.

Com um pico de mil mensagens nos dias de jogo do Atlético, assunto é o que não falta para os forunistas. Derrotas, vitórias, jogadores, questões financeiras e campeonatos são alguns dos inúmeros temas debatidos diariamente pelos atleticanos. Criado para que todos discutam sobre os tópicos relacionados ao Rubro-negro e ao site Furacao.com, o Fórum é aberto a todos os torcedores, que são registrados gratuitamente.


A paixão pelo Atlético uniu mais de mil internautas

Sub-fóruns

São seis sub-fóruns onde os usuários podem comentar sobre as atuações do Furacão e assuntos diversos:

– Principal (restrito ao Atlético, atualidades, partidas, jogadores, Baixada, etc)
– Fora do Gramado (discussões alternativas ao tópico acima; jogadores e partidas do passado, programas esportivos, vida pessoal dos atletas, outros times, temas antigos, etc)
– Jogos (previsões, análises e narrações dos jogos do Atlético)
– Torcida (assuntos relacionados à torcida do Atlético)
– Sobre o Site (dúvidas, críticas, sugestões e comentários sobre o conteúdo do site Furacao.com)
– Sobre o Fórum (assuntos pessoais, apresentações, perfil dos forunistas, off-topics, comentários genéricos sobre as questões pertinentes ao Fórum, etc)

Destes, o sub-fórum “Fora do Gramado” é o mais movimentado. São mais de 1.300 tópicos criados e mais de 45 mil mensagens publicadas.

História

Lançado oficialmente no dia 26 de agosto de 2003, o Fórum começou a operar efetivamente no dia seguinte. Em apenas uma semana, atingiu a marca de mil mensagens, com uma média de 120 postadas por dia. Poucas semanas depois, a média de mensagens aumentou para 165, nos mais variados tópicos.

Em cinco meses, o Fórum continuou a todo vapor e atingiu a marca de 600 cadastrados, que na época registraram mais de 37 mil mensagens. Já em março, o número de usuários aumentou para 700 e as mensagens saltaram para 50 mil. "Já participei de muitos fóruns, mas nunca vi um com sucesso tão grande como esse", afirma o forunista Sun Tzu, campeão disparado em mensagens, com mais de 11 mil.


Atleticanos do Texas também participam das discussões

Controle

Para garantir a participação de todos os atleticanos num ambiente respeitável, os editores do site criaram em maio um controle feito pelos próprios usuários do Fórum, que integram um grupo denominado “Conselho”. São 13 integrantes que fiscalizam as mensagens postadas, punindo qualquer ofensa ou abuso a outro forunista e até mensagens ofensivas aos dirigentes e jogadores do Atlético. Com base no “Termo de Conduta do Fórum”, são aplicados até cartões amarelos e vermelhos, como no futebol. Além disso, os moderadores possuem um próprio tópico chamado de “Deliberações”, cujo acesso é restrito às discussões sobre padrões de advertência, levantamento de punições e edições de mensagens.

Forunistas

Bruno Rolim, estudante de Turismo, foi o primeiro forunista a atingir mil mensagens. Atualmente afastado do Fórum, o estudante continua afirmando que o espaço é uma maneira ideal de congraçamento entre torcedores do Atlético. "Há uma troca de pontos de vista distintos, sobre nosso clube. Além de fatos extra-clube, como os off-topics, onde nos conhecemos melhor", afirma. Já para Leonardo Bonassoli, estudante de Jornalismo, o Fórum é uma fonte multidisciplinar de informações e que propicia a democratização da informação a muitas pessoas que não teriam outro canal para expressar sua opinião. “Ele tem um foco definido, mas, por meio de off-topics, a gente fica sabendo de diversas coisas e de maneira divertida. O que vale é a multiplicidade das versões, construindo uma dialética interessante”, diz ele.

Além de Curitiba, outras cidades que compõem o Estado como Guarapuava, Maringá, Londrina, Ponta Grossa, Prudentópolis, Jacarezinho, Paranavaí e Umuarama têm seus atleticanos devidamente representados no espaço para debates. Um exemplo é o forunista Diogo Santos, estudante de Direito. Residente em Guarapuava, ele garante que sempre fez questão de acessar o Fórum e expressar sua opinião a respeito do Atlético. “Fiz muitas amizades, virtuais bem verdade, mas amizades que têm algo em comum: a paixão rubro-negra. Através das muitas discussões, debates, risadas e mensagens, sempre acompanho o Fórum e, se possível, vou à Arena para assistir o nosso Furacão”, conta.

Considerado o representante do Furacão no interior pelos forunistas, ele agradece ao site Furacao.com pela oportunidade em trocar informações e fortalecer os laços atleticanos. “Agradeço ao site por disponibilizar esse espaço aberto e democrático para debates não só do Atlético, mas também a oportunidade de conhecer o que os nossos amigos atleticanos pensam a respeito do Furacão”, diz ele.

E a diversidade não pára por aí. Além de forunistas que residem em cidades de Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Bahia, Roraima e Pernambuco, o Fórum conta com a participação ilustre de atleticanos que moram nos Estados Unidos, Alemanha, China, Inglaterra, Portugal, Itália e Uruguai. Acessando de Santiago do Chile, Sergio Surugi de Siqueira costuma dizer que o Fórum é a "Boca Maldita" da geração Internet, trazendo o Brasil, Curitiba e o Atlético para muito perto dele. “O Fórum é o espaço onde torcemos, comentamos, brigamos e corneteamos. É a maneira que a gente encontra de, mesmo estando fisicamente separado, continuar se sentindo o mesmo atleticano de arquibancada que sempre fomos”, opina.

Graças ao Fórum, ele se sente como se estivesse em Curitiba, opinando e discutindo sobre sua grande paixão, o Atlético. Apesar da distância de mais de 3 mil quilômetros, ele conta que o contato com outros participantes lhe dá a oportunidade de expor os seus pontos de vista. "Acredito que a leitura das opiniões deveria ser obrigatória àqueles que comandam o clube. Leio muitas idéias interessantes e que poderiam ser aproveitadas pela administração", destaca.


Arena da Baixada tem um tópico especial

Recordes

O movimentado espaço de debates não só é o maior do Atlético na internet como também é o maior de um site esportivo no Brasil, sendo maior do que os fóruns oficiais e não-oficiais de clubes como Flamengo, Corinthians, São Paulo, Vasco, Palmeiras e outros clubes do futebol brasileiro.

Sun Tzu, codinome do forunista campeão em mensagens, chegou a trocar mensagens com membros do suporte da phpBB-Brasil, plataforma utilizada pelo Fórum, e foi informado de que o Fórum Furacao.com é o maior fórum de um time de futebol do Brasil e talvez um dos maiores do mundo. “E não é só de clubes de futebol, nosso fórum é o maior de qualquer outro tipo de assunto”, comenta.

Interação

A interatividade entre os forunistas é tanta que alguns encontros já foram promovidos entre os participantes do Fórum. No dia 28 de junho foi organizado o “1º FFF” (Futebol Fórum Furacao.com) no Centro de Treinamento Ricardo Pinto, goleiro ídolo da nação rubro-negra. Cerca de vinte forunistas marcaram presença, e homens e mulheres se divertiram em duas horas de muita diversão, descontração e bom humor. Já o segundo encontro dos forunistas foi realizado no Armazém da Bola, localizado no Água Verde. Os internautas também já se reuniram para churrascos e idas a barzinhos em Curitiba.

Outro exemplo da integração dos participantes do Fórum foi a organização do Manifesto pró-retorno da bateria à Baixada, finalizado no dia 26 de julho. Com o apoio de vários forunistas, que puderam opinar livremente sobre o desenvolvimento do texto, o manifesto foi publicado no site Furacao.com e também em outros sites esportivos.

Tradições

Em um ano de muita participação, os forunistas adquiriram algumas tradições que diferenciam ainda mais o Fórum Furacao.com de outros espaços. Uma delas é o hábito das discussões não cessarem durante a madrugada, cujos debates avançam até as 4h da manhã pelos forunistas, que discutem sobre vários assuntos ao mesmo tempo.

Outro costume dos internautas atleticanos é narração das partidas do Atlético tanto em Curitiba como fora dela. Os forunistas postam as mensagens a cada minuto, destacando e informando com detalhes cada lance envolvendo o Rubro-negro, com base nas transmissões das rádios paranaenses ou pela Internet.

Depoimentos

Acompanhe depoimentos de alguns forunistas sobre o primeiro ano do Fórum Furacao.com:

“O Fórum é um baluarte da democracia atleticana. O torcedor é o mais importante para o clube e o Fórum privilegia esta massa. O meu único porém é quando os ânimos se exaltam além da conta, quando um ou outro excede-se no radicalismo seja para um lado ou para o outro, mas isso é um mal da humanidade como um todo e, de um tempo para cá, os abusos têm sido coibidos”.

Leonardo Bonassoli – Estudante de Jornalismo

"Uma torcida que vem de uma cidade com pouco mais de 2 milhões de habitantes (pequena, se comparada ao Rio ou a São Paulo) e consegue ter o maior movimento de discussão on-line do país, não pode nunca ser desprezada. Se os times falidos que a mídia insiste em considerar grande, das maiores cidades do país, não conseguem ter um público tão fiel e um fórum tão movimentado quanto esse, o problema é deles, não nosso. Nossa parte sempre fizemos, fazemos e continuaremos fazendo. Ninguém gosta tanto de falar sobre seu próprio time do que o atleticano”.

Henrique Pasternack Guerra – engenheiro e empresário.



Últimas Notícias