30 ago 2004 - 12h03

Opinião de Erick Raifur

Leia a opinião de Erick Raifur sobre o clássico Atletiba do segundo turno do Campeonato Brasileiro 2004:

Domingo de Sol
por Erick Raifur

O domingo prometia. Sol, céu azul, Brasil vencendo a Itália no vôlei pela manhã, um clima de confiança atleticana no ar….. Como é bom vencer os “coxas” dentro do seu enfadonho estádio, e ainda por cima sair do antigo Belfort Duarte com a liderança na mão.

Tevez?

O tal do Capixaba, que não jogou nada, resolveu dar uma de Tevez quando os “coxas” estavam ganhando pelo magro placar de 1 a 0. Começou a ciscar, e fazer firulas improdutivas no meio campo frente aos nossos volantes, tal qual o atacante argentino fez na final da Copa América, lembram? Assim como a Argentina, os coxas aprenderam que não se mexe com os brios do rival. Tomaram na cabeça.

Tudo como dantes….

Amigos “coxas” vieram me falar que eu veria o Tremendão remodelado, moderno, aconchegante. “Quase tão bom quanto a Arena da Baixada”, diziam eles. Vim, vi e venci, e não pude perceber nenhuma mudança significativa.

….no quartel de Abrantes.

Sabe aquela mulher feia, que por mais que se maquie, não consegue dar um jeito na cara horrível? Pois é. O Bradescão continua como antes, ultrapassado, velho, com riscos desbotados pintados no chão indicando o lugar da sua “cadeira”. Lamentável…

Hegemonia Atleticana

Abrimos a semana pós-Olimpíadas ombro-a-ombro com o Santos, saindo de uma vitória Atletiba e nove jogos invictos. Aos olhos de Curitiba, do Paraná, do Brasil e do mundo, o Atlético dos Paranaenses é, efetivamente, o dono do Sul do Brasil. Quem sabe, dono do Brasil, hein, hein?

Jornal

Os “coxas” imprimiram até um jornalzinho para sua iludida torcida, em que um dos destaques era a notícia de que o Atletiba representava a “decisão antecipada” para uma vaga à Libertadores 2005. Quanta pretensão! Mesmo que vencessem este jogo, eles não teriam a menor condição de chegar entre os quatro primeiros nesse ano. Já o Atlético não é líder por detalhes.

Bicampeão?

Faltam algumas coisas para arrumar no time. As laterais continuam sendo nosso fraco. O tal Ronildo vem bem recomendado. Se tiver uma ou outra jogadinha que dê certo, mesmo que manjada, pega a vaga na esquerda. Mesma coisa na direita, onde o Fernandinho, por mais qualidade que tenha, “se bate” em alguns momentos do jogo, por pura falta de cacoete de lateral ou ala. Arrumando os lados do time, temos condições, sim, de colocar uma segunda estrelinha amarela no peito.

Perguntinha

Se ganharmos o bicampeonato, os coxas continuarão gritando “fui campeão primeiro”?

Erick Raifur é colunista da Furacao.com. Clique aqui para ler outros textos de sua autoria.

O conteúdo da opinião acima é de responsabilidade exclusiva de seu autor e não expressa necessariamente a opinião dos integrantes do site Furacao.com.

Entre em contato com a colunista.



Últimas Notícias

Notícias

Jogador de meio tempo ?

Contratado no mês de maio Mais precisamente no dia 22/05. O meia David Terans foi anunciado como o novo reforço do Athletico. O jogador pertencia ao…

Notícias|Opinião

Arquibancada

Quem me conhece há mais tempo já me ouviu dizer que “a arquibancada é que é o meu lugar”. Para além do sentido literal, do…