12 set 2004 - 23h30

Pela primeira vez, Levir não faz substituições

Pela primeira vez neste campeonato, o Atlético terminou a partida com a escalação titular. O técnico Levir Culpi optou por não realizar sequer uma substituição, fato até então inédito no Furacão neste Campeonato Brasileiro.

Na parte final do segundo tempo, Culpi chegou a chamar o volante Pingo e lhe passou instruções, mas desistiu da mudança. Pingo entraria na vaga de Fabiano, que já havia levado o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão diante do Cruzeiro. Porém, o próprio Fabiano pediu para ficar em campo. "Algumas vezes é ruim quando um jogador entra frio em uma partida disputada como essa", justificou.

A escalação com Marinho, Rogério Corrêa e Marcão na zaga e Alan Bahia e Fabiano no meio-campo parece ter sido considerada a ideal por Levir Culpi. Nos jogos em que o Atlético começou jogando com essa formação, Levir raramente fez modificações. Contra o Botafogo, William substituiu Jadson a três minutos do fim. Contra o Santos, Morais entrou no lugar do mesmo Jadson faltando cinco minutos para o fim.



Últimas Notícias