O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
18 set 2004 - 17h36

Ainda é cedo, mas o sonho ja é uma realidade

Faz algum tempo que não escrevo, tem vestibular esse ano e vida de vestibulando é corrida. Devido as chuva de hoje, sobrou um tempo para falar um pouco da minha paixão, o nosso Atlético.

Nosso Atlético que há tempos não tinha uma defesa tão sólida como à que tem hoje, sempre critiquei o Rogério Corrêa por suas atitudes como as de gesticular muito, de pensar que é atacante, mas parece que ele amadureceu. Na minha opinião um dos elementos mais importantes desse time, ou melhor, dessa defesa. Outro que merece destaque, e muito, é Marcão. Que raça, que coragem de colocar sua cabeça em todas as jogadas, que determinação. Sem dúvida nenhuma a melhor ” invenção” de Levir nesse time. E outro, que voltou de uma contusão, mas já se recuperou, é Marinho um dos melhores do Brasil, merece uma chance na seleção.

Mas quem é peça fundamental na estrutura tática do time é o Alan Bahia, lembro quando ele começou no Atlético, muitos não acreditavam nele, que nunca iria dar certo. Mas com muito trabalho, empenho e dedicação é o melhor jogador do Atlético nesse campeonato, pois carrega o piano nas costas, marca com lealdade mas, ao mesmo tempo com a rigidez que é necessária. Fabiano está jogando bem como volante, mas prefiro Pingo, pois com ele o meio de campo ganha mais velocidade mas essa questão só o Levir pode resolver pois é ele que escala o time.

Muitos acham que precisamos de um lateral-direita, eu acho que não, pois com Fernandinho não temos um lateral e sim um ala que apóia muito bem, tem velocidade e é habilidoso. Com ele temos um forte contra-ataque. Ivan, sempre muito criticado, começou a jogar bem. Fez contra o Corinthians sua melhor partida com a camisa atleticana, até que em fim. Jádson, esse sim é o tão sonhado substituto de Souza, tem um toque refinado e preciso, dá passes onde ninguém imagina, e que golaço, obrigado Jádson.

“Pra cima dele Dagoberto!” Com certeza é isso que muitos falam quando ele pega na bola, inclusive eu. E Washington, o melhor centroavante do Brasil, mas pelo amor de deus toca mais essa bola.

Estamos bem, mas sem euforia e desatenção, ainda é muito cedo para comemorar alguma coisa. Faltam 16 rodadas e tudo pode acontecer, quando a torcida começa a gritar Bi campeão me dá uma angústia, pois ainda não ganhamos nada e ainda falta muito para ganharmos.

Cada jogo é uma decisão, a soma de pontos é importante contra qualquer adversário. É assim que nós, torcedores, devemos enfrentar o campeonato. Temos o dever de ira todos os jogos restantes do certame e apoiar o time, principalmente nos momentos difíceis nos quais o time poderá enfrentar. Apoiar em das as horas, pois é pra isso que estamos lá, com ou sem bateria, nunca vamos parar de apoiar.

O sonho já é uma realidade, só depende de nós.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…