19 set 2004 - 22h09

Sorín admite pênalti, mas reclama de cartão

O lateral-esquerda Sorín fez neste domingo sua reestréia com a camisa do Cruzeiro no Estádio Mineirão. O último jogo dele em Belo Horizonte pelo time mineiro havia sido justamente contra o Atlético, na final da Copa Sul-Minas de 2002.

Hoje, porém, ele não conseguiu triunfar e decepcionou a tocida. Além de sair com a derrota, Sorín cometeu um pênalti e foi expulso. Deixou o campo reclamando do árbitro Paulo César e Oliveira.

"Encostei no Washington e ele exagerou na queda. Reclamei impedimento antes, mas me disseram que a condição era legal. Foi um lance rápido e, sinceramente, não sei se foi pênalti, mas não entendi os cartões que levei. Tentei atrapalhar o atacante e, infelizmente, o árbitro marcou a penalidade", afirmou ele, admitindo que tocou em Washington no lance do primeiro pênalti.

Sorín foi expulso depois de cometer duas faltas graves em seguida. Na primeira, recebeu amarelo depois de derrubar Fernandinho. Logo em seguida, segurou Washington na área e foi expulso.



Últimas Notícias

Notícias

Jogador de meio tempo ?

Contratado no mês de maio Mais precisamente no dia 22/05. O meia David Terans foi anunciado como o novo reforço do Athletico. O jogador pertencia ao…

Notícias|Opinião

Arquibancada

Quem me conhece há mais tempo já me ouviu dizer que “a arquibancada é que é o meu lugar”. Para além do sentido literal, do…