21 set 2004 - 10h14

Manchetes atleticanas desta terça-feira

Jogadores do Atlético querem casa cheia domingo
Pode parecer redundante, mas os atacantes Dagoberto e Washington já estão convocando a torcida para a partida do Atlético contra o Flamengo, às 16h de domingo, na Arena. A dupla de ataque quer casa cheia para o time continuar na busca pelo segundo título do campeonato brasileiro. Nem precisava pedir, com a vitória sobre o Cruzeiro e a ótima campanha no nacional, a tendência é de que os ingressos se esgotem já na quinta-feira. [Leia mais].

 

Ameaçados no caminho do bi
Para se tornar o primeiro bicampeão brasileiro do século 21, o Atlético vai precisar eficiência contra o pelotão de times que lutam contra o rebaixamento. Já o Santos, há de ter sucesso nos clássicos contra os paulistas. [Leia mais].

 

Washington entra para a história do Atlético-PR
Com os dois gols de pênalti marcados sobre o Cruzeiro, na vitória por 4 a 2, domingo, no Mineirão, o atacante Washington tornou-se o maior artilheiro do Atlético-PR em uma edição do Campeonato Brasileiro, com 19 gols. O recorde anterior pertencia aos atacantes Kléber e Alex Mineiro, ambos com 17 gols, na competição de 2001, ano que o Furacão conquistou o título nacional. [Leia mais].

 

Frutos que vêm da base
A excelente campanha do Atlético no Campeonato Brasileiro de 2004 tem ligação direta com seu parceiro, o PSTC, de Londrina. Foi deste clube-empresa que vieram Dagoberto, Jadson, Fernandinho e Alan Bahia, titulares absolutos da equipe e responsáveis por 25 dos 56 gols (45%) na competição. [Leia mais].

 

Furacão e Peixe ‘sobram’ no Brasileirão
Atlético Paranaense e Santos estão "sobrando" neste Brasileirão. Principalmente depois da última rodada, na qual o Peixe bateu o Atlético Mineiro por 2 a 0 e o Furacão goleou o Cruzeiro por 4 a 2, em pleno Estádio Mineirão. Os resultados mantiveram ambos os times com folga na liderança, a seis pontos de vantagem sobre o terceiro colocado, o São Caetano. E o momento para buscar a ponta isolada não poderia ser melhor para a equipe paranaense, que já é melhor em todos os aspectos, pelo menos através dos números, do que o grupo campeão de 2001. [Leia mais].

 


Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…