29 set 2004 - 21h34

Cor do uniforme atleticano causa polêmica

Seguindo o que a Furacao.com já havia informado em primeira mão (veja aqui), o Atlético entrou em campo na noite desta quarta-feira com a camisa preta. Foi a primeira vez que o clube jogou uma partida oficial com este uniforme, lançado em março como forma de homenagear os 80 anos do Furacão.

A camisa dourada, que era a segunda do clube, foi deixada de lado – provavelmente em função de que o time principal ainda não venceu nenhum jogo com ela. Por isso, o Atlético providenciou o registro da camisa preta como segundo uniforme do time na CBF, possibilitando sua utilização nesta quarta-feira, contra o Vitória.

Antes mesmo do início do jogo, a escolha causou polêmica. O árbitro Leonardo Gaciba da Silva pediu uma camisa do Vitória (rubro-negra) e uma camisa do Atlético e as achou parecidas. Apesar de ser predominantemente vermelha, a camisa do Vitória tem detalhes pretos. Como a delegação atleticana não levou outra opção, autorizou o time a entra em campo com a seguinte composição: camisa preta, calção branco e meias brancas.

Quando os times entraram em campo, os jogadores do Vitória reclamaram formalmente. Edilson e Amaral, os mais exaltados, pediram para Gaciba tomar uma atitude. "Não posso fazer nada. O jogo vai sair. O que eu posso fazer é colocar isso no relatório do jogo", afirmou ele, em declaração que foi captada pelo repórter do canal Premiere Esportes.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…