1 out 2004 - 15h21

Culpi não decidiu quem jogará na lateral

O antigo problema da lateral-direita voltou a atormentar o Atlético. Quando Fernandinho recebeu seu terceiro cartão amarelo logo aos 18 minutos do primeiro tempo do jogo contra o Vitória, o técnico Levir Culpi ja sabia que teria de "quebrar a cabeça" para encontrar um substituto.

Desde a negociação de Alesandro, no início do ano, nenhum lateral-direita emplacou na equipe. Desde então, William, André Luiz, Raulen, Pingo e Fernandinho já foram testados na função. De todos esses, apenas André é especialista na função. Porém, ele só jogou 45 minutos sob o comando de Levir Culpi (o primeiro tempo do jogo contra o Guarani).

Se a passagem de André Luiz foi rápida, seu substituto imediato se sustentou por um tempo bem maior. O volante Raulen foi improvisado e chegou a fazer boas partidas, mas não a convencer Levir. Pingo (foto), também volante, foi deslocado para a direita e jogou várias partidas com a camisa 2, até o treinador redescobrir Fernandinho na ala, algo que já havia sido feito por Mário Sérgio.

Com a suspensão de Fernandinho, Levir terá de apostas em alguma das opções já testadas. Pingo, Raulen e André Luiz, exatamente nesta ordem de quem tem mais chance para quem tem menos, são os mais cotados. O elenco conta ainda com o jovem Murilo, recém-promovido dos juniores, mas ele sequer foi relacionado para a concentração.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…