2 out 2004 - 21h25

Defesa resolveu problema do jogo aéreo

Depois de quatro jogos consecutivos sofrendo gols de cabeça, o Atlético conseguiu neste sábado resolver essa deficiência do sistema defensivo. Fazia cinco jogos que o time não deixava o campo sem sofrer sequer um gol – isso havia acontecido pela última vez na vitória por 2 a 0 sobre o Guarani, há exatamente um mês.

Na sexta-feira, a Furacao.com publicou reportagem sobre o fato de que o time levou gols de cabeça nos quatro últimos jogos, alertando para esse problema da equipe nas últimas rodadas. Com o retorno de Marinho e Marcão à zaga atleticana, a questão foi resolvida.

No jogo deste sábado, Marcão foi o principal responsável pelo bom desempenho na jogada aérea. Ele cortou diversos cruzamentos. Marinho também teve atuação destacada nesse quesito e o goleiro Diego saiu do gol em momentos importantes, cortando cruzamentos perigosos.

Em todo o jogo, o Galo só teve uma oportunidade de marcar um gol de cabeça. Aos 32 minutos do segundo tempo, Márcio Santos subiu livre, mas mesmo assim cabeceou sem perigo.



Últimas Notícias

Brasileiro

Desastre aéreo no Maracanã

O Athletico foi massacrado pelo Flamengo, que impôs 5 a 0, ao natural, nesse domingo(14), diante de 62 mil pessoas, no Maracanã, pela 22ª rodada…

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…