2 out 2004 - 21h25

Defesa resolveu problema do jogo aéreo

Depois de quatro jogos consecutivos sofrendo gols de cabeça, o Atlético conseguiu neste sábado resolver essa deficiência do sistema defensivo. Fazia cinco jogos que o time não deixava o campo sem sofrer sequer um gol – isso havia acontecido pela última vez na vitória por 2 a 0 sobre o Guarani, há exatamente um mês.

Na sexta-feira, a Furacao.com publicou reportagem sobre o fato de que o time levou gols de cabeça nos quatro últimos jogos, alertando para esse problema da equipe nas últimas rodadas. Com o retorno de Marinho e Marcão à zaga atleticana, a questão foi resolvida.

No jogo deste sábado, Marcão foi o principal responsável pelo bom desempenho na jogada aérea. Ele cortou diversos cruzamentos. Marinho também teve atuação destacada nesse quesito e o goleiro Diego saiu do gol em momentos importantes, cortando cruzamentos perigosos.

Em todo o jogo, o Galo só teve uma oportunidade de marcar um gol de cabeça. Aos 32 minutos do segundo tempo, Márcio Santos subiu livre, mas mesmo assim cabeceou sem perigo.



Últimas Notícias

Notícias

O bom filho?

ANÚNCIO: Dia 01 outubro, um dia após vencer o Peñarol por 2 x 0, na Arena da Baixada e garantir presença na final da Copa…

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…