4 out 2004 - 13h18

Opinião de Juliano Ribas

O colunista Juliano Ribas escreve sobre o programa Terceiro Tempo, da Rede Record:

Audiência Zero
por Juliano Ribas

Eu assisti o programa do Milton Neves ontem. Confesso. Esperei o horário e coloquei no canal que o hospeda. Eu assisti um festival de grosserias. Um amontoado de tosquices, comportamentos esdrúxulos, preconceitos e absurdos. Eu assisti àquela droga, simplesmente para ouvir como o nome do Clube Atlético Paranaense seria citado por aquela meia-dúzia de parvos.

Já havia assistido semana passada. E também na retrasada. Por curiosidade. Em nada me engrandeceu. E, principalmente, em nada engrandece ao Atlético. Eu assisti aos seus inúmeros "reclames", que vendem de tudo, de motocicleta a barbeador, de remédio a bebida alcoólica. Invariavelmente, usando o nome dos clubes, e, é claro, sem pagar um tostão para isso. Exemplo: "Olha aí a motocicleta do torcedor número um do Clube Atlético Paranaense, Paulo Morsa!", dizia Milton Neves, enquanto fazia o seu jabá.

Milton Neves está cada vez mais rico e seu programa cada vez mais longo. Lotado de anunciantes. E ontem, mesmo diminuindo o Furacão, insinuando pactos com arbitragem para diminuir o brilho do nosso time, relembrando o caso Invens Mendes, aquela armação brava contra nós, mesmo com aquela morsa em forma de anta dizendo que Washington não tem méritos por ser artilheiro com gols de pênalti, o programa comemorava, com grande orgulho, uma audiência recorde no Paraná e em Curitiba.

A grande massa Rubro-negra anda dando atenção desproporcional à importância daquele programeco. Ao Morsa, ao Milton Neves, ao tosquíssimo Oscar Godói, uma das figuras mais (perdôem-me a palavra, mas é a que mais se encaixa a ele) "escrotas" do futebol nacional, um ex-juiz tendencioso e boquirroto. Proponho, aqui, um boicote ao programa "Terceiro Tempo". Não vamos deixar eles comemorarem audiência recorde no Paraná. Não vamos deixar eles usarem o nome do nosso clube para fazer propaganda de meia dúzia de empresas. Não vamos deixar o Milton Neves usar nosso maior orgulho com oportunismo.

Boicote! A nação Rubro-negra já boicotou a Rede Globo e a Nike, quando a CBF quis nos banir do futebol. Boicotar esse programinha vai ser moleza. Se você, amigo Rubro-negro está lendo isso e concordar com esse humilde apelo, peça para seus amigos fazerem o mesmo e assim vamos presentear Milton Neves com a pior audiência em Curitiba de todos os tempos no próximo domingo.

Chega de usarem nosso nome para dar audiência a um dos mais toscos programas da televisão brasileira. Um programa que usa rasteiras estratégias para chamar a atenção, que ganha dinheiro nas costas dos clubes, que acha que é formador de opinião. Vamos mostrar que aquela faixa "puxando o saco" do Neves que estava na Baixada é um desvario daqueles que a colocaram. O Atlético não precisa de nada disso, pois os jornalistas sérios já vêm falando aquilo que merece ser ouvido. O Programa "Terceiro Tempo" não merece. Vamos boicotar. Para eles, audiência zero. Como a nota que merece o programa.

Juliano Ribas é colunista da Furacao.com. Clique aqui para ler outros textos de sua autoria.

O conteúdo da opinião acima é de responsabilidade exclusiva de seu autor e não expressa necessariamente a opinião dos integrantes do site Furacao.com.

Entre em contato com a colunista.



Últimas Notícias

Notícias

Jogador de meio tempo ?

Contratado no mês de maio Mais precisamente no dia 22/05. O meia David Terans foi anunciado como o novo reforço do Athletico. O jogador pertencia ao…

Notícias|Opinião

Arquibancada

Quem me conhece há mais tempo já me ouviu dizer que “a arquibancada é que é o meu lugar”. Para além do sentido literal, do…