6 out 2004 - 11h33

Diego espera apoio das duas torcidas

Todo o elenco atleticano está concentrado na busca de um resultado positivo no jogo diante do Juventude, nesta quinta-feira. Mas um jogador tem um motivo a mais para se dedicar ao máximo. Trata-se do goleiro Diego, que começou sua carreira profissional no clube gaúcho e até hoje mantém uma legião de fãs em Caxias do Sul.

"Um dos momentos mais felizes da minha carreira foi quando fomos jogar contra o Juventude lá em Caxias (em 2003) e quando entrei em campo para o aquecimento a torcida inteira se levantou e gritou meu nome", contou o jogador.

Natural do Rio Grande do Sul, Diego acredita que muitos parentes e amigos estarão no estádio nesta quinta-feira, mas mesmo assim destaca a importância da torcida rubro-negra.

"Tomara que a parte destinada à torcida do Atlético esteja lotada, além dos nossos familiares e amigos, dos fanáticos", disse o goleiro, fazendo referência à Torcida Organizada Os Fanáticos.

Diego foi revelado na categorias de base do Grêmio e logo depois passou a jogar pelo Juventude. Hoje, o goleiro admite que seu coração é atleticano. "Meu coração é 100% rubro-negro. Sabemos do nosso potencial e a vontade de vencer é muito grande", revelou.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…