O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
9 out 2004 - 20h12

A responsabilidade do jornalismo

No momento em que o país discute a relevância de se criar um Conselho Regional de Jornalismo no país, deparo-me com uma das maiores aberrações já vistas na televisão brasileira. Que a qualidade do jornalismo no Brasil já não é das melhores a algum tempo não há dúvida, porém, a irresponsabilidade com que alguns “jornalistas” se utilizam de seu espaço passa a causar espanto.

No Programa Terceiro Tempo da Rede Record de Televisão do último Domingo, um de seus integrantes (Paulo Roberto Martins) afirmou que o Clube Atlético Paranaense possuía no presente campeonato um “esquema” de arbitragem junto a CBF para beneficiá-lo. Como se não fosse o bastante atribuiu tal esquema à pessoa de Mário Celso Petraglia, sem para tanto apoiar-se em um fundamento sólido sequer. Não fosse a gravidade das acusações seriam palavras soltas ao vento.

Poderia se considerar ainda, um desrespeitoso fato isolado no programa não fosse a atitude de seu apresentador, que por diversas vezes afirmou em tom provocativo e insulflante que o próximo adversário do Atlético/Pr não possui qualquer chance de vencer o confronto nesta quinta-feira, que o time gaúcho não deveria nem estar na competição assim como não deveria entrar em campo para a disputa.

O que era para ser um programa esportivo transformou-se em um festival de atitudes desrespeitosas e irresponsáveis. A imagem de um homem público, assim como o trabalho de dois grupos de profissionais foram jogados na lama sem qualquer embasamento para fazê-lo. Seria só desrespeito se não fosse o futebol uma fonte inesgotável de emoção. O jogo em Caxias do Sul e o comportamento das torcidas ganharam de forma gratuita injeções de ânimo para a violência. O comportamento da arbitragem também. Por tudo isso, a atitude destes que se dizem “jornalistas” foi também irresponsável.

Alguém discorda que algum mecanismo de controle sobre o jornalismo precisa ser encontrado?



Últimas Notícias