9 out 2004 - 20h52

Diretoria se preocupa com arbitragem

O Atlético voltou a se preocupar com a arbitragem do Campeonato Brasileiro. Depois de várias partidas de reclamação, o clube atravessou por uma fase de tranqüilidade, muito em função das boas apresentações e vitórias. Porém, na fase decisiva da competição, a atuação dos árbitros podem fazer a diferença.

O superintendente do Atlético, Alberto Maculan, denunciou após o empate por 3 x 3 com o Juventude que está se formando um lobby pró-Santos no Campeonato Brasileiro. "Há uma pressão organizada, liderada principalmente pela imprensa de São Paulo, para ajudar o Santos a ficar com o título. Desde domingo ficaram falando que o Atlético seria beneficiado pela arbitragem aqui em Caxias e deu no que deu: o árbitro marcou um pênalti inexistente contra nós", acusou o dirigente.

Maculan chegou a conclamar a imprensa paranaense que declare guerra ao suposto lobby pró-Santos. "Acho que vocês deveriam fazer o mesmo e denunciar isso", disse o superintendente rubro-negro. Para amenizar, o técnico Levir Culpi preferiu atribuir o empate contra o Juventude ao desempenho do rival. "É preciso reconhecer que do outro lado havia um time competitivo, que também está brigando pelas primeiras colocações", disse o treinador.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…