14 out 2004 - 13h50

Clube recua e inicia hoje venda de ingressos

O Atlético pretendia iniciar a venda de ingressos para o jogo contra o Paraná apenas nesta sexta-feira. A decisão havia sido tomada para tentar evitar a falsificação dos bilhetes, detectada nas últimas partidas. O adiamento do início das vendas reduziria a possibilidade de fraudes.

Por duas razões, o clube voltou atrás e resolveu iniciar as vendas na tarde desta quinta-feira: o cumprimento ao disposto no Estatuto do Torcedor (que exige que as vendas comecem 72 horas antes do jogo) e o respeito aos torcedores desavisados que formaram fila em frente às bilheterias na manhã de hoje.

Confira a nota distribuída pela assessoria de imprensa do Atlético:

Ingressos à venda às 13h00 desta quinta

Para cumprir o Estatuto do Torcedor e em respeito aos torcedores que vieram à Arena desde o início da manhã, o Clube Atlético Paranaense começa a venda de ingressos para o clássico às 13h00, desta quinta-feira. O clube pretendia abrir as bilheterias apenas amanhã às 10h00, para reduzir a possibilidade de falsificação de ingressos novamente.

Agora, fica o alerta ao torcedor: não compre ingressos de cambistas. O risco de estar comprando um ingresso adulterado é grande. O torcedor pode perder o dinheiro e viver a frustração de não poder ver o Rubro-Negro em campo.

Nos últimos dias, o Clube Atlético Paranaense encontrou indícios de que ingressos falsos estão sendo produzidos para a partida. A suspeita surgiu após o contato de uma gráfica que presta serviços ao Atlético. A empresa teria sido procurada por pessoas que queriam gravar informações em ingressos válidos para partidas anteriores do campeonato.

Os falsificadores utilizam ingressos comprados pelos cambistas em outras partidas e que não foram vendidos aos torcedores. Eles raspam o nome do adversário e a data da partida e imprime novas informações no lugar. As falsificações começaram a surgir na partida contra o Flamengo, no dia 26 de setembro. Vários torcedores não conseguiram assistir à partida, porque compraram ingressos adulterados de cambistas.

A falsificação é difícil de ser identificada. A única diferença visível é o tipo de letra usado pelos falsificadores. Ele é um pouco mais claro que o original. O problema é que cada ingresso tem um código interno, gravado magneticamente, em que consta a data e a partida para a qual ele foi confeccionado. Esse código não pode ser alterado.



Últimas Notícias

Notícias

Jogador de meio tempo ?

Contratado no mês de maio Mais precisamente no dia 22/05. O meia David Terans foi anunciado como o novo reforço do Athletico. O jogador pertencia ao…

Notícias|Opinião

Arquibancada

Quem me conhece há mais tempo já me ouviu dizer que “a arquibancada é que é o meu lugar”. Para além do sentido literal, do…