17 out 2004 - 21h05

Levir volta a reclamar da arbitragem

O técnico Levir Culpi voltou a reclamar da arbitragem. Depois de algumas rodadas de trégua, o treinador retomou as críticas ao desempenho do trio de árbitros. Para ele, parte da responsabilidade pelo resultado do clássico deste domingo é de Paulo César de Oliveira e de seus auxiliares.

"Nós tivemos duas oportunidades e em uma delas o bandeira não deixou, pois o Fernandinho ia ficar livre com o goleiro. Esse prejuízo é muito grande. Espero que as emissoras do Rio e de São Paulo dêem o mesmo destaque que deram quando acharam que facilitaram as coisas para o Atlético. Alguma coisa estranha está acontecendo", afirmou ele, preocupado com o prejuízo que isso possa causar ao Atlético.

Sobre a partida, Levir destacou o bom preparo físico do adversário, que acabou forçando o Atlético a se desgastar no início do jogo. "Acontece que o Paraná saiu forçando muito a parte física. Depois, do meio para o final do primeiro tempo a gente conseguiu equilibrar a situação e no segundo tempo tivemos um momento de superioridade", analisou.

O técnico atleticano também explicou o porquê da mudança tática implantada neste jogo. "Eles vieram com três meias e mais o Galvão na frente. Por isso, colocamos o time no 4-4-2, com o Fernando na meia", observou. Apesar disso, o rendimento não o imaginado.

Culpi enumerou diversos fatores que impediram o Atlético de sair vitorioso. "Uma seqüência de jogos com uma mesma formação, alguns problemas durante o jogo, a saída do Dagoberto. Mesmo assim, o que faltou mesmo foi um pouquinho de contundência ofensiva para fazer o segundo gol", finalizou.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…