22 out 2004 - 13h11

Edilson Thiele ameaça sair do Atlético

O Atlético está enfrentando mais um problema de bastidor. Além de ser julgado hoje à noite com forte ameaça de perder mandos de jogos, uma fogueira se acendeu no departamento médico do clube. Tudo por causa da operação do atacante Dagoberto.

Tido como um dos maiores especialistas do mundo em cirurgias de joelhos, o médico Edilson Thiele recebeu com surpresa a informação de que o jogador atleticano pode ser operado nos Estados Unidos. A empresa que cuida dos direitos de Dagoberto, a Massa Assessoria Esportiva, quer levar o craque para ser operado por Jimmy Andrews, já visando uma futura negociação com o futebol europeu.

De acordo com informações da Tribuna do Paraná e do Globo Esporte, Thiele gostaria de fazer a cirurgia em Dagoberto, visto que o Atlético dispõe de todas as condições de realizar tanto a operação, quanto o pós-operatório e fisioterapia do jogador.

O chefe do departamento médico vai se reunir com a diretoria atleticana e caso Dagoberto seja mesmo operado fora do país, Thiele pode estar se despedindo do Atlético, onde também acumula um cargo no Conselho Gestor.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…