29 out 2004 - 11h22

Para Trajano, "tapetão" ameaça o Brasileiro

O jornalista do Diário Lance! José Trajano criticou em sua coluna de quinta-feira os critérios da Justiça Desportiva para as punições dadas a clubes de futebol pelo fato da torcida ter arremessado objetos no campo. Segundo Trajano, a situação é tão crítica que põe em xeque o final do Brasileirão. Confira um trecho da coluna:

Brasileirão será decidido no tribunal

Sinto, porém, que as punições não criam sentimento de justiça e sim de paranóia. Tudo porque começaram a entrar em vigor agora, quase no final, e assim mesmo com dois pesos e duas medidas.

O Brasileiro saiu do controle exclusivo de jogadores e técnicos. Agora, quem dá as cartas indiscriminadamente são os juízes do tribunal esportivo. O futebol está em xeque. Qualquer espírito de porco pode colocar todo trabalho de um time a perder. Basta jogar um copo d’água dentro de campo. O que está havendo é uma enorme valorização de um ato impensado. Daqui para diante, o que era, algumas vezes, uma manifestação boba ou de descontrole momentâneo passa a ser mais importante do que um gol.



Últimas Notícias

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…

Notícias

O bom filho?

ANÚNCIO: Dia 01 outubro, um dia após vencer o Peñarol por 2 x 0, na Arena da Baixada e garantir presença na final da Copa…

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…