30 out 2004 - 22h52

Público surpreendeu no Serra Dourada

Noite de primavera de um sábado em Goiânia. A temperatura na casa dos 28 graus e um jogo diferente no Estádio Serra Dourada. Por causa da perda de mando de campo, o Atlético Paranaense decidiu enfrentar o Internacional na região centro-oeste do Brasil. Como o Furacão jogou contra o Goiás na terça-feira no mesmo local, a diretoria do clube optou por ficar na capital goiana ao invés de escolher outro estádio e desgastar fisicamente os jogadores.

Apesar da expectativa ser de um público inferior a quinhentas pessoas, 1.677 torcedores foram ao Serra Dourada acompanhar a vitória de 2 a 1 do Atlético. Entre os presentes, destaque para as famílias de Rogério Corrêa, que é natural de Goiânia, e de Washington, que se deslocou de Brasília para torcer para o “Coração Valente”. E Washington não decepcionou. Marcou os dois gols de pênalti do Rubro-negro e se isolou ainda mais na artilharia do Campeonato Brasileiro. Ele agora tem 27 gols.

Comparação

Para se ter uma idéia, o público de hoje não foi sequer um dos dez piores do Brasileirão. O pior público desse campeonato foi no jogo Paraná Clube e Vitória, no Estádio Pinheirão, com 661 pagantes. O décimo pior foi São Caetano x Goiás, que teve 1.001 pagantes. O jogo do Furacão contra o Inter teve 1.355 pagantes.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…