9 nov 2004 - 1h45

Confira como foi Washington no Jô Soares

O atacante Washington foi um dos três entrevistados pelo apresentador Jô Soares no Programa do Jô exibido na madrugada de segunda para terça-feira. O artilheiro atleticano falou principalmente sobre seu problema cardíaco e sobre sua ótima fase vestindo a camisa do Atlético. Confira como foi a participação de Washington e os principais momentos da entrevista:

– Washington entregou dois presentes a Jô Soares: uma camisa do Atlético personalizada (com o número 10 e o nome Jô) e uma bandeirinha de mesa do Furacão. Jô elogiou o manto rubro-negro: "Olha que bonita a camisa. Bonita mesmo. Gostei demais". O apresentador fez questão de que Washington autografasse a camisa.

– Confira as principais declarações do atacante durante a entrevista:

PARAR DE JOGAR
"Nunca pensei nisso porque meu problema é outro (em relação ao de Serginho). Na verdade não é mais problema, pois já foi resolvido. De maneira nenhuma passou pela minha cabeça parar porque estou muito bem monitorado. Estou sempre resguardado com os médicos e estou sempre com tranqüilidade para jogar"

ORIGEM DO PROBLEMA
"Estava na Turquia e comecei a sentir uma queimação no peito depois de um treino. Parecia uma azia. No outro dia, treinei assim, joguei no sábado assim. Depois, voltei na segunda-feira e essa queimação veio mais forte, com uma dor no braço esquerdo. Daí eu conversei com o médico e fui fazer os exames. Nos exames de esforço físico constataram uma alteração nos batimentos. Daí fizeram um cateterismo e viram que minha veia estava obstruída 90%."

PRIMEIRA CIRURGIA
"Eles me ofereceram uma cirurgia um dia depois. Mas eu estava na sala de cirurgia e quis fazer logo. Agora, imagine a minha situação: deitado numa mesa cirúrgica, na Turquia e ainda com um intérprete do lado tentando me explicar e fazendo careta (risos). Mas aí eu coloquei o stent nessa cirurgia e retornei ao Brasil. Nisso o Fenerbahçe me largou de mão e parou de pagar os meus salários."

ATLÉTICO
"Eu entrei com uma ação na FIFA e consegui o passe para poder negociar com o Atlético. Quero até agradecer ao Dr. Petraglia e ao Atlético Paranaense, que me deram toda a estrutura necessária. Foi aí também que eu conheci o Dr. Costantini.

SEGUNDA CIRURGIA
"Eu coloquei o primeiro stent na Turquia e me deram para ser um ser humano normal. Depois, coloquei mais dois stents com rapamicina, que é mais eficiente. Agora estou 100% para jogar"

RECUPERAÇÃO
"Eu fiz a cirurgia em junho do ano passado e fiquei seis meses me recuperando, fazendo corridas, me recuperando fisicamente. Depois, em dezembro eu fiz um novo cateterismo e me liberaram 100%."

DIABETES
"Eu sou diabético. Eu fiz uma cirurgia em 96 quando jogava no Caxias e aconteceu esse problema. Mas agora está tudo controlado, tudo superado."

– Depois, foram exibidos diversos gols de Washington pelo Atlético no Campeonato Brasileiro, como os contra o Santos, Cruzeiro, Goiás, Juventude, Botafogo, Cruzeiro, Flamengo, Vitória, Juventude, São Caetano, Atlético Mineiro (alguns com legenda equivocada). O atacante reclamou que não haviam passado seu gol mais recente, contra o Fluminense, time de Jô. O apresentador brincou dizendo que esse gol não interessava, arrancando risos da platéia.

– O assistente de palco chileno Alex também participou da entrevista, levando um stent para Jô poder mostrar ao público como é esse pequeno mecanismo formado de tela de aço. Ao final, Jô agradeceu a Washington pela presença: "Você é uma simpatia, parabéns e Deus te abençoe"



Últimas Notícias