11 nov 2004 - 13h10

Jogadores do Criciúma temem Washington

Os jogadores do Criciúma estão preocupados com o jogo de domingo. Desde já eles estão pensando em uma maneira de barrar o atacante Washington, artilheiro do Campeonato Brasileiro com 28 gols.

“É complicado marcá-lo. Ele é bem forte, procura escorar para quem vem de trás e é um exímio matador”, afirmou o zagueiro Luciano, que ficará incumbido de dar o primeiro combate a Washington. Luciano revelou que tentará antecipar as jogadas e evitar que Washington domine as bolas.

Jadson e Fernandinho

Além do artilheiro, outros jogadores atleticanos também receberão marcação especial do Tigre. O técnico Lori Sandri assistiu aos últimos jogos do Atlético e disse que Fernandinho é uma das principais armas do Rubro-negro. Para o treinador, é importante bloquear a armação das jogadas e evitar que o ataque atleticano seja municiado.

Já o volante Geninho está mais preocupado com Jadson, que atua na sua faixa do campo. “Temos que marcar o Jadson. Se a bola chegar no Washington, há zagueiros suficientes para não deixá-lo jogar”, afirmou.



Últimas Notícias