14 nov 2004 - 20h35

PM prendeu duas pessoas que jogaram copo

A Polícia Militar deteve duas pessoas acusadas de atirar um copo no gramado da Arena da Baixada durante o jogo contra o Criciúma na tarde deste domingo. Depois do quinto gol atleticano, marcado por Morais aos 38 do segundo tempo, o goleiro Roberto mostrou ao árbitro Wagner Tardelli que um copo de plástico vazio havia sido atirado no gramado.

Tardelli entregou o copo para Sueli Tortura, a árbitra reserva. Imediatamente, o sistema de segurança do Atlético entrou em ação. Através das câmeras de vídeo, foram identificadas as pessoas que jogaram o copo no gramado. A Polícia Militar agiu rápido e prendeu Sidney Alexandre Portugal e Edinilson Portugal.

Logo que os dois foram retirados do estádio, toda a torcida atleticana aplaudiu e comemorou. Aliás, o apoio dos demais torcedores foi fundamental. "Ele foi apontado até mesmo pelos demais torcedores, que estavam revoltados com aquela conduta absolutamente incompreensível daquele indivíduo e, preso, foi conduzido à autoridade policial. Está sendo lavrado o termo circunstanciado, já foi registrado o boletim de ocorrência, e em seguida ele será preso e processado", afirmou o presidente João Augusto Fleury da Rocha.

Depois, o presidente informou que, na verdade, duas pessoas haviam sido presas. "Nós sabemos que foram dois os indivíduos que foram presos, eles realmente cometeram esse ato de desatino e vão responder por isso. Responderão perante a autoridade pública e perante a autoridade desportiva", disse ele.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…