15 nov 2004 - 1h54

Levir Culpi se compara a piloto automático

O técnico Levir Culpi fez um balanço da trajetória atleticana neste Campeonato Brasileiro. Ele analisou especialmente a situação atual do time, depois de ter enfrentado diversos obstáculos. O treinador revelou que não tem maiores preocupações no atual momento e que agora não há muito o que inventar. Culpi comparou seu trabalho neste momento à opção de piloto automático: basta manter o mesmo padrão.

"Estamos num momento feliz. Eu não tenho muitas preocupações neste momento. Estamos num caso, como é que eu poderia colocar, é mais ou menos se tivéssmos ligado o piloto automático. Está todo mundo bem centrado, todo mundo cuidando da sua, todo mundo procurando fazer tudo direitinho e eu não preciso ficar cuidando de muitas coisas", disse ele, dizendo que tudo o que o grupo precisa agora é de concentração para manter tudo no mesmo nível de excelência.

"O pessoal da nutrição está ligadíssimo, os fisiologistas, os preparadores físicos também. Os jogadores estão alegres, estão querendo ser campeões. Então, não há muito o que fazer. O que temos de fazer é deixar o time bem focado no objetivo e, principalmente, completar bem os trabalhos da semana. Nós vamos ganhar confiança para esse jogo da Ponte Preta começando a trabalhar bem na terça-feira, concentradíssimos. Temos de chegar em Campinas com a confiança que tivemos hoje (domingo). Não tem que inventar nada", finalizou.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…