17 nov 2004 - 10h56

Manchetes atleticanas desta quarta-feira

Todo mundo liberado
Dessa forma, Ronildo retorna ao banco de reservas. Contra o Tigre, Marinho, Fernandinho e Rogério Corrêa receberam cartão amarelo, porém, nenhum deles estava pendurado. A lista dos pendurados do Atlético é grande, contando com os titulares Diego, Fabiano e Alan Bahia, e os reservas Bruno Lança e Raulen. [Leia mais].

 

Santos denuncia e Atlético pode perder mando de campo
A briga de bastidores entre Santos e Atlético parece não ter trégua. Ontem, o clube paranaense ficou aliviado ao analisar o teor leve da súmula de Wágner Tardelli, que pode evitar novo julgamento ou perda de mando de campo. No entanto, no início da noite, o advogado do Santos, Mário Mello, após sair do julgamento do STJD – no qual o Santos perdeu mais um mando – soltou duas bombas. [Leia mais].

 

Arena em transe
Ontem à tarde, o advogado do Furacão se dirigiu ao 5.º Distrito Policial para pegar o boletim de ocorrência. Não houve depoimento dos acusados, nem testemunhas, mas o delegado responsável pelo caso afirmou – via assessoria de imprensa – que fornecerá tudo que for necessário/possível para evitar problemas entre o clube e o STJD. [Leia mais].

 

Levir Culpi comenta declarações polêmicas
— Agora tudo que a gente fala vira polêmica. Não estou preocupado com o que o Santos está pensando. Estou preocupado somente com o meu time para o jogo contra a Ponte Preta, no próximo domingo — afirmou. [Leia mais].

 

Atlético pode escapar de julgamento
“Mas talvez não haja denúncia. Isso se o clube provar, com documentos e imagens, que houve repressão imediata aos torcedores responsáveis”, explicou Schmitt, em entrevista por telefone ao JE. Segundo ele, até sexta-feira terá recebido a súmula e analisado o caso. [Leia mais].

 

Furacão crê em dificuldades na reta final do torneio
"Será complicado neste final do campeonato, já que todas as equipes se motivam para jogar contra o líder. Mas eles não vão conseguir tirar nossos resultados", disse o volante Fabiano. [Leia mais].

 

Levir Culpi conseguiu irritar os jogadores do Santos
Levir disse que não quis provocar ninguém e não considera o título ganho. Só acha que o Atlético sabe muito bem o que fazer para chegar à conquista da taça. “Nem vou polemizar”. [Leia mais].

 


Últimas Notícias

Notícias

O bom filho?

ANÚNCIO: Dia 01 outubro, um dia após vencer o Peñarol por 2 x 0, na Arena da Baixada e garantir presença na final da Copa…

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…