18 nov 2004 - 15h42

Médico do clube é suspenso por 30 dias

O médico Henrique Alexandre de Barros Carvalho foi suspenso por trinta dias pela expulsão na partida do Atlético contra o Goiás, no Estádio Serra Dourada. Naquele jogo, Carvalho foi expulso após reclamar do árbitro Clever Assunção Gonçalves no final do primeiro tempo.

No intervalo do jogo, o quatro árbitro Elmo Alves Cunha relatou a Clever Gonçalves que o médico atleticano havia o chamado de "caseiro". No retorno para a segunda etapa, o árbitro excluiu o médico do jogo.

Henrique Carvalho foi julgado pelo artigo 187 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que corresponde a ofensas morais contra a arbitragem. Com a suspensão, ele não poderá mais participar das partidas do Furacão neste Brasileiro. Nas próximas partidas, os jogadores serão atendidos por Edilson Thiele e por Murilo Marcondes Ribas.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…