25 nov 2004 - 11h36

Santos já deu calote na mala preta

A imprensa divulgou ontem que o Santos teria oferecido dinheiro para os jogadores do Grêmio em caso de vitória sobre o Atlético no domingo. Trata-se da prática popularmente conhecida como "mala preta".

Nesta quinta-feira, a diretoria santista confirmou que adotará a mala preta neste campeonato. "Não vejo problema em dar essa ajuda. É como um bicho. Vamos pagar para ganhar, não para perder. Um 13º a mais para o pessoal. Mas apenas na última ou antepenúltima rodada. Para o Grêmio, nós pensamos, mas não mandamos", afirmou Francisco Lopes, diretor de futebol.

Mau pagador

Apesar da tentativa de dar um ânimo extra para os adversários atleticanos, a iniciativa santista pode se revelar frustrada. Isso porque, como lembrou reportagem da Agência L! SportPress desta quinta, o time tem fama de mau pagador.

Segundo a matéria, o Peixe ofereceu mala preta aos jogadores do Gama na última rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro de 2002. O time brasiliense goleou o Coritiba por 4 a 0, o Santos ficou com a oitava vaga e depois acabou sendo campeão.

Porém, a diretoria santista nunca pagou os jogadores do Gama, conforme havia prometido.



Últimas Notícias

Libertadores

Hoje é um novo dia…..

…. de um novo tempo/que começou Nesses novos dias/as alegrias/ serão de todos/é só querer. Esses nossos sonhos/ serão verdade o futuro já começou.  …

Fala, Atleticano

Mais do mesmo

Não consigo ver futuro no futebol que o meu time está praticando. Ou seja, não está jogando nada já faz um bom tempo. Vejamos: zagueiro…

Fala, Atleticano

Reflexões…

Após a Derrota contra o Fluminense… Nosso “DT” Felipão, implorou pelo apoio da torcida no jogo de quarta, pois é “vida ou morte”… O Atlhetico…

Fala, Atleticano

Nunca foi unanimidade

Nunca ele foi unanimidade perante a torcida do CAP, o “queridinho” do Petraglia, só conseguiu um destaque em 2018, sob a batuta do Thiago Nunes,…

Fala, Atleticano

Quatro derrotas, já deu!

No início desta temporada, foi informado à Nação Rubro Negra, que à prioridade era o Campeonato Brasileiro. Já passou, seis rodadas, vencemos duas sem convencer…