26 nov 2004 - 19h35

Advogados comemoram a absolvição

Os advogados do Atlético, Gil Justen Santana e Marcos Malucelli, deixaram a sede do STJD no final da tarde desta sexta-feira satisfeitos com o resultado do julgamento do clube por fato ocorrido no jogo contra o Criciúma. O Atlético foi absolvido e poderá disputar os dois últimos jogos como mandante na Arena da Baixada.

"Nós ficamos muito satisfeitos como torcedores principalmente. Preparamos as provas com tranqüilidade", afirmou Gil Justen Santana, que confessou ter ficado tenso antes do julgamento. "Fiquei tenso porque dentro de campo ninguém segura o time, mas fora dele nós não sabíamos", continuou, empolgando-se com as belas atuações da equipe de Levir Culpi.

Para Marcos Malucelli, a absolvição foi uma mostra de que o Atlético está organizado e cumprindo a lei. "Já haviam elogiado, no julgamento anterior, o fato de o Atlético tomar todas as medidas preventivas e, agora nós atendemos todas as medidas repreessivas também", disse.

Quem também esteve no Rio de Janeiro para acompanhar o julgamento foi Domingos Moro, representante da Federação Paranaense de Futebol perante a CBF. Segundo Moro, o Atlético fez tudo o que podia e, por isso, foi recompensado. "Tudo o que o Atlético deveria ter feito antes, durante e depois foi feito", contou. Para Domingos Moro, "o atlético está no rumo certo para o bicampeonato e só depende dele mesmo".



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…