26 nov 2004 - 11h30

Treino do Grêmio acaba em discussão

Seria mais um treino morno em uma tarde quente no Olímpico. Praticamente sem chances de escapar do rebaixamento, os jogadores do Grêmio trabalhavam em ritmo lento no campo suplementar.

Até que o zagueiro Fábio Bilica e o técnico Cláudio Duarte se desentenderam, depois que uma bola caiu fora do estádio. Os dois discutiram e o jogador foi expulso do treino e, mais tarde, dispensado do clube por indisciplina. Seu contrato terminava em dezembro.

Depois que a bola foi parar na rua em uma lance normal do treino, Bilica – que já estava fora da partida contra o Atlético por suspensão – envolveu-se em uma altercação com torcedores que estavam do lado de fora. Para preservar o grupo, Claudião pediu que o jogador não piorasse o ambiente já desalentador no Olímpico. Bilica não aceitou a decisão e protestou.

Frente a frente, quase com os rostos colados, os dois discutiram por alguns segundos. O técnico mandou ele sair do treino e disse que o problema seria tratado pela direção. Antes de ir para o vestiário, Bilica encontrou o vice de futebol, Hélio Dourado, e conversou. "Não admito ser desrespeitado", esbravejava o zagueiro.

Dourado não quis se manifestar sobre a discussão. Disse que conversaria nesta sexta com o técnico para se inteirar do problema e só após anunciaria alguma decisão sobre o caso.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…