1 dez 2004 - 11h58

Manchetes atleticanas desta quarta-feira

Acertando o Atlético
Depois de desfrutarem de uma segunda-feira de folga, o elenco profissional do Atlético voltou aos treinamentos nesta terça-feira. Os jogadores participaram de trabalhos em dois períodos no Centro de Treinamento do Caju. Foi o início da semana visando o jogo contra o São Caetano, domingo, na Arena da Baixada. [Leia mais].

 

Levir diz que a cota de erros já está esgotada
"Erramos até onde deu. Agora para conquistarmos o título, temos que jogar no limite humano", diz o técnico Levir Culpi. As palavras do treinador já foram muito bem assimiladas pelo grupo, tanto é que o artilheiro Washington repete. "Não dá mais para errarmos. Chegamos no limite de erros e agora é dar sangue." [Leia mais].

 

Atlético assimila golpe e fala em “novo ciclo”
“Vamos fazer uma melhor de três com adversários diferentes. O primeiro será o São Caetano, domingo, na Arena. É um novo ciclo, o Grêmio faz parte do passado. O que aconteceu foi decepcionante, mas aprendemos a nossa última lição”, desabafa o comandante rubro-negro. [Leia mais].

 

Jogadas aéreas preocupam o Atlético-PR
— Mais do que nunca, nós necessitamos desse título. É nossa honra que está em jogo, porque senão, para o resto de nossas vidas nós vamos ficar lembrando desse empate, lamentando. O jogo de nossas vidas será esse contra o São Caetano — completou Marcão. [Leia mais].

 

Para Culpi, empate em Erechim foi a “última lição”
O Atlético já aprendeu tudo o que podia neste Campeonato Brasileiro. Agora é vencer ou vencer. Esta é a análise que o técnico Levir Culpi fez do empate em 3 a 3 com o Grêmio, no último domingo, em Erechim (RS). “Isso faz parte da competição. Mas foi nossa última lição”, disse. “Agora não podemos mais ter erros. Ou melhor, temos que jogar muito perto do nosso limite, errar muito pouco”, afirmou, referindo-se à virada do time gaúcho nos minutos finais. [Leia mais].

 

Atlético quer título para segurar Culpi
O Atlético Paranaense quer conquistar o bicampeonato brasileiro para manter seu comandante em 2005. Mesmo assim, o técnico Levir Culpi poderá deixar o clube após o 19 de dezembro, quando termina seu acordo com o Atlético. [Leia mais].

 

Atlético-PR procura substitudo para Washington
Com a vaga para a Copa Libertadores da América de 2005 já garantida, a diretoria do Atlético-PR quer manter elenco para a próxima temporada e ainda reforçar o Furacão para disputar – pela terceira vez, em quatros anos – a competição continental. [Leia mais].

 


Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…