7 dez 2004 - 9h47

Manchetes atleticanas desta terça-feira

Dispensado pelo Coxa, Marcão dá a resposta no Atlético
Perseverante, ele disse a si mesmo que um dia provaria que o Coxa estava errado. Não deu outra. Hoje, enquanto o arqui-rival do Atlético está na chamada "zona do agrião", sem pretensões no brasileirão, Marcão está brigando pelo título Brasileiro com a camisa rubro-negra. "É engraçado, mas quando saí do Coxa prometi a mim mesmo que provaria o meu valor. E de preferência no Atlético, que era um clube que estava criando uma grande estrutura e era da cidade. O sonho se concretizou", comemora. [Leia mais].

 

Campo minado
A primeira final (de fato) do Atlético neste Brasileiro será cercada de muita tensão. Com o Vasco há seis jogos sem vencer, à beira da zona de rebaixamento e com a pior tabela nas últimas duas rodadas (pega ainda o Santos no desfecho), tudo aponta para um duelo dramático em São Januário. [Leia mais].

 

Atlético-PR se prepara para ‘guerra’ contra Vasco
O Atlético já respira o jogo do próximo domingo contra o Vasco no Rio de Janeiro e está se preparando para uma grande batalha em campo e também fora dele. Dentro das quatro linhas, a partida é decisiva para as duas equipes, já que o time carioca ainda corre risco de rebaixamento e sabe que se vencer garante a permanência na primeira divisão em 2005. Por outro lado, o Furacão pode garantir o título com uma vitória e um tropeço do Santos frente ao São Caetano. [Leia mais].

 

Ser campeão brasileiro: não tem preço
Os jogadores do Atlético já sabem quanto vão receber se conquistarem o Campeonato Brasileiro de 2004. Quem garante é o presidente do clube, João Augusto Fleury da Rocha. “A premiação já foi definida no primeiro semestre”, afirmou. “Todo jogador chega no clube já sabendo quanto vai ganhar em cada situação. Aqui tudo é feito com planejamento e organização”. [Leia mais].

 

Atlético inicia mais uma semana decisiva
Começa mais uma semana de expectativa no Atlético. Após a goleada sobre o São Caetano, por 5 a 2, de virada, na Arena da Baixada, a ordem agora é manter a cabeça no lugar para não deixar o segundo título do Brasileirão escapar nas duas últimas rodadas, já que o Santos, maior concorrente do Furacão, continua apenas dois pontos atrás. [Leia mais].

 

Jadson desfalca o Furacão no Rio
O Atlético Paranaense poderá ser campeão brasileiro no próximo domingo sem um de seus principais jogadores. Punido com três cartões amarelos, o meia Jadson vai desfalcar o Rubro-Negro no jogo contra o Vasco, às 16 horas, no estádio de São Januário, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. [Leia mais].

 


Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Obrigado, Alberto!

Alguns vão julgar, “Cedo demais”… Mas para mim, já Deu!!!! Alberto Valentim: O LATERAL DIREITO, jamais será esquecido e estará entre os maiores camisas 2…