14 dez 2004 - 10h19

Em 95, título veio de maneira semelhante

LANCEPRESS! – Quando o Atlético-PR entrar em campo domingo, na Arena, para enfrentar o Botafogo, o time e sua torcida ficarão na expectativa, torcendo pelo Furacão e de olho no jogo do Santos contra o Vasco. O que muita gente não lembra é que uma situação muito parecida aconteceu em 1995, quando o Rubro-Negro decidia o título da Série B.

Na ocasião, o Atlético disputava um quadrangular final com o rival Coritiba, o Mogi Mirim e o Central-PE. Na última rodada, o Furacão já tinha sua vaga à Série A assegurada, assim como o Coxa, e só restava a decisão de quem ficaria com a taça.

Após garantir vaga na Série A, com duas rodadas de antecedência, o Furacão jogou a penúltima rodada contra o Coritiba e, da mesma maneira como ocorreu domingo, contra o Vasco, poderia ser campeão. Assim como no Rio, o Furacão perdeu em 95.

Naquele jogo, o Coxa precisava vencer para garantir sua ida à primeira divisão. No último domingo, o Vasco precisava vencer para afastar o risco do rebaixamento.

Depois da derrota para o rival por 3 a 0, o Atlético perdeu a primeira colocação e, para ficar com o título, precisava vencer na Baixada e dependia de um tropeço do Coxa. Assim como agora, em 95 o Atlético decidia em casa, com o olho no jogo no interior paulista, onde o Santos vai jogar.

A torcida lotou o estádio e, em campo, o time despachou o Central por 4 a 1, com dois gols de Oséas. Enquanto isso, no interior paulista, o rival perdia por 1 a 0. A tensão aumentou quando o Coritiba empatou em 1 a 1 aos 30 do segundo tempo.

Mas, depois de muito sofrimento, aos 42 minutos do segundo tempo, os locutores do estádio anunciaram fim do jogo em Mogi Mirim e o empate do Coxa. Delírio da torcida rubro-negra, que explodiu de alegria. Será igual desta vez?



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…