21 dez 2004 - 17h03

CBF muda regra de interdição de estádios

A CBF mudou o critério para punir times que tenham problemas em seu estádio. A partir de janeiro, o clube que for punido neste caso pelo STJD poderá atuar na sua cidade, mas terá que jogar em outro campo e com portões fechados ao público.

Nos últimos anos, o time punido, como o Atlético foi neste Brasileiro, tinha que entrar em campo, no mínimo, a 150 km do seu estádio. Por isso, o Furacão foi obrigado a jogar contra o Inter, no Serra Dourada.

"Na verdade, a antiga punição acabava prejudicando até mais os clubes visitantes. Alguns eram obrigados a viajar muito mais e enfrentar a pressão da torcida adversária do mesmo jeito. Com esta nova redação, o infrator será verdadeiramente punido", disse Carlos Eugênio Lopes, diretor jurídico da CBF, responsável pela redação da RDI (Resolução de Diretoria) que cria a nova regra.

A nova RDI foi assinada na última sexta-feira pelo presidente interino da CBF, Nabi Abi Chedid, após uma reunião com o diretor jurídico da entidade. Com a entrada em vigor do CBJD neste ano, o Brasileiro teve oito clubes punidos com a limitação do mando de campo. A procuradoria também ganhou mais poder para oferecer denúncias contra os clubes infratores.

Fonte: Folha Online (adaptado)



Últimas Notícias