25 dez 2004 - 1h42

Técnicos especulados já acertaram com outros

A cada dia que passa as torcidas dos maiores clubes do Brasil acompanham o vai e vem dos treinadores. Nesta sexta-feira foi dia do Grêmio, Flamengo e Vitória definirem os novos comandantes. O time gaúcho vai de Hugo De León, que estava no Nacional, do Uruguai. A comissão técnica de Hugo terá o auxiliar técnico Tonho, o treinador de goleiros Francisco Cersósimo e o preparador físico Flávio Trevisan. Este dois últimos trabalharam no Atlético no início deste ano, com Mário Sérgio.

O Flamengo acertou com com Julio César Leal, que já trabalhou no rival Coritiba. Ele, que será apresentado na Gávea na terça-feira, retornou em agosto deste ano do futebol do Kwait, onde dirigiu o Kazma Club. Leal negociava para ser o coordenador técnico do Flamengo, mas acabou sendo anunciado como comandante direto da equipe. Já o Vitória acertou com René Simões, que fez um bom trabalho nas Olimpíadas, levando o Brasil à medalha de prata no futebol feminino.

Renovações

Depois de Vanderlei Luxemburgo renovar contrato com o Santos, foi a vez do Internacional garantir a presença do treinador da temporada passada. Junto com Muricy Ramalho, permanecem no Beira Rio o preparador físico Paulo Paixão, o auxiliar Tata e o treinador de goleiros Ilo Roxo.

O próximo que pode acertar com o mesmo time, é Tite. No que depender dos cartolas corintianos, ele será o técnico em 2005. A cúpula do clube agora aguarda o gaúcho para assinar o contrato.

Mais nomes

Além de Cuca, Celso Roth, Oswaldo de Oliveira e Ivo Wortmann, um novo nome começou a ganhar força para dirigir o Atlético. Trata-se do Campeão Paranaense de 1988 com o próprio Furacão, Nelsinho Baptista. Nelsinho passou a temporada de 2004 no futebol japonês e pode retornar ao Brasil para dirigir um grande clube do nosso futebol.



Últimas Notícias

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…

Notícias

O bom filho?

ANÚNCIO: Dia 01 outubro, um dia após vencer o Peñarol por 2 x 0, na Arena da Baixada e garantir presença na final da Copa…

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…