29 dez 2004 - 10h40

Atlético é multado por morte de torcedor

O Procon paranaense impôs nesta terça-feira multa de R$ 100 mil ao Atlético pela morte do torcedor Eduardo Michel de Oliveira na última rodada do Brasileiro, quando o clube empatou com o Botafogo na Arena da Baixada. Diz que houve desrespeito ao Estatuto do Torcedor e ao Código de Defesa do Consumidor. A Federação Paranaense de Futebol e a CBF também foram multadas, em R$ 50 mil cada uma.

Oliveira despencou da arquibancada no fosso do estádio, após se desequilibrar em cima do "guarda corpo". Teve traumatismo craniano e ficou inconsciente até morrer, há uma semana.

"Após o recebimento das notificações, as entidades têm dez dias para recorrer", disse Algaci Tulio, coordenador do Procon-PR. Ele afirmou que as sanções foram impostas à CBF e à federação em razão de o Estatuto do Torcedor determinar que os organizadores da competição e seus dirigentes respondem solidariamente ao clube, "independentemente de culpa pelos prejuízos causados por falhas na segurança".

Na semana passada, o diretor jurídico da CBF, Carlos Eugênio Lopes, questionado pela Folha de S.Paulo sobre o caso, afirmara: "Há várias decisões judiciais que isentam a entidade organizadora desse tipo de responsabilidade".

Mário Celso Petraglia, presidente do conselho deliberativo do clube, disse que não daria entrevista e recomendou à reportagem que ouvisse o presidente do conselho gestor, João Augusto Fleury da Rocha. Ele não foi localizado, assim como Onaireves Moura, presidente da federação local.

Fonte: Uol Esportes



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Obrigado, Alberto!

Alguns vão julgar, “Cedo demais”… Mas para mim, já Deu!!!! Alberto Valentim: O LATERAL DIREITO, jamais será esquecido e estará entre os maiores camisas 2…