4 jan 2005 - 11h10

Manchetes atleticanas desta terça-feira

Atlético apresenta reforços para disputa do Paranaense
O Atlético iniciou a temporada de 2005 sem seus principais jogadores, sem treinador, com metade da comissão médica, mas com três jogadores querendo transformar o clube no trampolim para a fama. Assim, chegaram ontem ao CT do Caju o zagueiro Edson Rocha, o volante Jairo e o meia Jorge Henrique. [Leia mais].

 

Atlético mostra esboço do Ventania
O discurso do trio recém-contratado, formado pelo volante Jairo (21 anos, ex-Paysandu), pelo atacante Jorge Henrique (22, ex-Náutico) e pelo zagueiro Edson Rocha (22, ex-Ferroviária de Araraquara), foi praticamente o mesmo: justificar a aposta do clube, ganhar espaço e ser promovido ao elenco da disputa continental. [Leia mais].

 

Atlético-PR promete anunciar técnico esta semana
Mas a definição do nome do novo comandante da equipe vice-campeã brasileira de 2004 deve acontecer em breve. Quem garante é o diretor técnico do Furacão, Antonio Carlos Gomes. Segundo ele, até o final desta semana o novo técnico será apresentado. [Leia mais].

 

“Ventania” abre o ano do Atlético
O ano começou oficialmente ontem para o Atlético. Junto com o grupo do “Ventania”, espécie de time “B” montado para o Campeonato Paranaense, chegaram ao CT da Caju os três primeiros reforços para a temporada que soma ainda Libertadores e Brasileiro. Só o técnico está indefinido — deve ser anunciado na semana que vem. [Leia mais].

 

Atlético apresenta novidades
O Atlético ainda não tem um técnico e comissão técnica definidos para a temporada e ontem perdeu os membros do departamento médico. Ainda assim, a diretoria apresentou três reforços e anunciou o planejamento para a disputa do Paranaense, que começa no próximo dia 19, e da Copa Libertadores da América, a partir de 15 de fevereiro. [Leia mais].

 

Cuca afirma que não foi convidado pelo Furacão
Cuca negou qualquer negociação para dirigir o Furacão, em 2005. "Não houve contato nenhum. Não recebi nenhuma proposta", afirmou o treinador à Rádio CBN, de Curitiba. [Leia mais].

 

Baloy cada vez mais próximo da Baixada
“Ainda não assinei nada, mas seria uma honra muito grande poder disputar a Copa Libertadores com a camisa do Atlético”, destacou o jogador, que viria para tapar o buraco deixado com as saídas do Marinho e do Fabiano. [Leia mais].

 


Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…