10 jan 2005 - 15h04

Apaixonado, Washington se despede do clube

O atacante Washington confirmou sua ida para o Verdy Tokyo, do Japão. Ele já havia anunciado sua saída do Atlético e a ida para o time japonês estava praticamente certa, mas ainda não havia sido divulgada oficialmente.

Em entrevista publicada nesta segunda-feira pela Gazeta do Povo, o artilheiro do Brasileiro revelou que havia assinado um pré-contrato com o Verdy ainda durante o Brasileiro. Há poucos dias, o time japonês negociou o jovem atacante Kazunori Iio, uma de suas maiores promessas, abrindo espaço para a chegada de Washington.

Na conversa com o repórter Rodrigo Fernandes, o atacante confessou que se tornou apaixonado pelo Atlético e por sua torcida. Confira um trecho da reportagem:

– Qual o balanço pessoal da sua temporada?
Foi 100% perfeito. O ano da minha superação. Depois de tudo que passei e superei, com certeza 2004 será inesquecível.

– A ida para o futebol japonês não encerra o sonho de defender a seleção?
Sim. Conversei bastante sobre isso com o meu empresário. Sei que vou sair da mídia, mas pensei no lado financeiro. Foi uma grande proposta do Verdy Tokyo. São os dois lados da moeda e pensei na minha família. Sei que ficarei esquecido, fora da mídia…

– Será armada uma estrutura médica para lhe atender?
Tenho essa preocupação. Mas com certeza terei a retaguarda necessária. Não vejo problemas. Vão cuidar de mim direitinho (risos).

– A negociação ocorreu durante o Brasileiro?
Não. Houve o convite, mas só conversei com eles após o término do Nacional. Tinha um compromisso moral com o Atlético. Havia um pré-contrato e depois do campeonato tudo foi acertado.

– Com relação ao Atlético, que lembrança você leva?
Vou sentir muita falta, muita saudade. Foi uma paixão que aprendi a ter. Sou apaixonado pela torcida e pelo clube. Infelizmente, não consegui dar um título, mas deixo essa camisa com a cabeça erguida. Honrei como poucos o Furacão.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…