11 jan 2005 - 11h26

Cocito acerta seu retorno ao Atlético

O volante Cocito está de volta ao Atlético, clube onde praticamente começou sua carreira profissional. Cocito jogou no Furacão entre 1998 e 2003, conquistando os Campeonatos Paranaenses de 2000, 2001 e 2002, a Seletiva da Libertadores de 1999 e o Campeonato Brasileiro de 2001, seu melhor momento no clube.

Ele chegou ao clube em 1998, contratado do Botafogo de Ribeirão Preto juntamente com Lucas e Gustavo. Graças a uma contusão na virilha, demorou para entrar no time, mas acabou se tornando um dos principais jogadores do time nos anos seguintes. Jogou no Atlético até o Campeonato Paranaense de 2003, completando 162 jogos, num retrospecto de 83 vitórias, 39 empates e 40 derrotas.

Sondado por Flamengo e Palmeiras, Cocito acabou sendo emprestado ao Corinthians e disputou o Campeonato Brasileiro de 2003 pelo clube paulista. Ao término do segundo contrato com o time paulista, acabou sendo reemprestado, desta vez ao Grêmio. Foi um dos melhores jogadores do clube na pífia campanha do Brasileirão 2004.

Em sua primeira passagem pelo Atlético, Cocito marcou apenas dois gols. O primeiro foi na goleada por 4 a 1 contra o Coritiba, na Seletiva da Libertadores, em 99. No ano seguinte, fez o gol de honra da derrota por
2 a 1 para o Santos, na Vila Belmiro.

Passagens

Cocito foi protagonista de pelo menos dois episódios marcantes no Atlético. O primeiro foi justamente no jogo em que marcou seu primeiro gol com a camisa atleticana. Ele estava no banco e o Coritiba vencia o jogo por 1 a 0. Cocito entrou no lugar do zagueiro Leonardo Valença e marcou um golaço aos 20 minutos do segundo tempo, chutando forte de fora da área. Depois, o Furacão fez mais três.

No Brasileiro de 2001, Cocito sofreu uma forte perseguição da imprensa paulista depois do jogo contra o São Paulo, pelas quartas-de-final. O Atlético venceu por 2 a 1, mas Cocito teve seu nome associado a jogador violento depois que Kaká deixou o campo machucado.

Experiência

O retorno de Cocito foi acertado especialmente em função de sua experiência. Ele já disputou três Libertadores – duas pelo Atlético (2000 e 2002) e uma pelo Corinthians (2003). Ele chega a Curitiba na segunda-feira.

10/01/2005 – Cocito pode ir para o Botafogo
05/01/2005 – MS diz que Cocito tem proposta do Atlético
23/01/2004 – Grêmio acerta a contratação de Cocito
17/11/2003 – Cocito pode retornar ao Atlético
21/07/2003 – Cocito é reemprestado ao Corinthians
15/04/2003 – Cocito se apresenta ao Corinthians
06/04/2003 – Confirmado o empréstimo de Cocito
18/11/2002 – Torcida quer Cocito em 2003
07/11/2002 – Cocito completa 150 jogos com a camisa do Atlético
23/08/2002 – Demorou, mas Cocito renovou com o Atlético



Últimas Notícias

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…

Sul-Americana

Confira como ir ao Uruguai

Logo após a classificação diante do Peñarol pelas semifinais da Sul-americana 2021, a enorme procura dos torcedores pelas passagens aéreas de Curitiba a Montevidéu acabou…