17 jan 2005 - 22h31

Diego não vê a hora de entrar em campo

O goleiro Diego falou hoje na reapresentação do elenco, que estava na praia passando férias, mas que sua cabeça já estava nos gramados. "Chegou uma hora que não tinha mais o que fazer, queria estar jogando", admitiu.

O jogador contou que ao chegar ao Ct do Caju, nesta tarde queria entrar em campo e treinar, junto com os jogadores que estão em pré-temporada, visando o início do Campeonato Paranaense. "Eu não consigo transmitir a vontade de estar dentro de campo, eu já queria estar em campo, mas tenho que respeitar os exames e os testes que vão ser feitos", afirmou.

Diego ressaltou também a importância da perda do título brasileiro no ano passado para o crescimento profissional dos atletas. "Nós aprendemos muito com o que aconteceu no ano passado porque nós não conseguimos o que queríamos", acrescentou. Mas apesar disso Diego acredita que a vaga na Libertadores já é uma conquista e precisa ser valorizada.

Para o torcedor, o goleiro avisa o que esperar da equipe neste ano. "Podem esperar uma equipe competitiva, que vai mostrar raça, que vai correr e trabalhar bastante. São com esses pequenos passos que vamos conseguir alguma coisa", ensinou o atleta, pedindo apoio da torcida. "O torcedor tem que apoiar porque nós unidos somos muito fortes e temos que mostrar o que significa a camisa do Atlético Paranaense", finalizou.



Últimas Notícias

Hugo Moura comemora golaço marcado na Arena

Brasileiro

Volte sempre, meu vice.

Na Arena da Baixada, Athletico 4 x 2 RB Bragantino. O Athletico entrou em campo com um time bastante modificado, poupando jogadores para o confronto…