20 jan 2005 - 16h37

Estréia com vitória

A estréia do Atlético no Campeonato Paranaense foi com o pé direito, mas o futebol apresentado não agradou os torcedores que foram até o Estádio Erton Coelho de Queiroz. Com pouca objetividade técnica os comandados de Lio Evaristo sofreram com a forte marcação do Império do Futebol, que teve seis jogadores amarelados e um expulso pelo confuso árbitro Maurício Batista dos Santos.

Depois de disperdiçar boas chances com Dinei e Morais no começo, Bruno Lança foi quem abriu o placar aos 24 minutos. Ele recebeu um cruzamento da direita e, cara a cara com o goleiro Tafarel, só desviou. O gol atleticano fez com que o Império acordasse para o jogo. A reação do adversário veio ainda no primeiro tempo, restando dois minutos para o intervalo. Após uma bobeada da arbitragem, que assinalou bola ao chão dentro da área atleticana, Morais foi tentar fazer o "fair-play" e acabou se dando mal. Um jogador do Império impediu a saída pela linha de fundo e cruzou para Igor empatar.

No intervalo, Lio Evaristo tentou reorganizar o time. Só que as melhores chances foram do Império, que perdeu boas oportunidades de virar. O Atlético voltou a jogar com mais vontade quando André Luiz foi substituído por Ticão. E foi do meio-campista revelado nas categorias de base o passe para a vitória rubro-negra. Numa falta pela esquerda ele cobrou na cabeça de Dinei, que fechou o placar.

O próximo desafio no Estadual vai ser no domingo, contra o Franscisco Beltrão, na Arena da Baixada.

Saiba mais sobre o jogo:
20/01/2005 – Mior destacou qualidade do elenco atleticano
20/01/2005 – Jorge Henrique: "fiz uma boa estréia"
20/01/2005 – Maculan reclama da atuação da arbitragem
20/01/2005 – "É sempre bom sair ganhando", diz Badé
20/01/2005 – Casemiro elogiou postura da equipe
20/01/2005 – Para Lio, faltou movimentação de jogo
20/01/2005 – Jogadores acreditam que time fez boa estréia

1ª rodada – Paranaense – (20/01/05) – Império 1 x 2 Atlético
L: Vila Olímpica; H: 16h; A: Maurício Batista dos Santos (PR); CA: Oséia (5′), Dinei (15′), Bruno Lança (20′), Élvis (25′), Carlos Rogério (62′), Igor (70′), Rincón (72′) e Júnior (87′); CV: Carlos Rogério (82′); P: 1.422; R: R$ 15.210,00; G: Bruno Lança, aos 24, e Igor, aos 43 do 1°; Dinei, aos 22 do 2°.

IMPÉRIO DO FUTEBOL: Tafarel; Viola, Oséia, Estevão e Elvis; Júnior, Rincón, Carlos Rogério e Igor (Paulo Henrique 60′); Diego (Clemerson int) e Ronaldo Capixaba. T: Celso Tadeu.

ATLÉTICO: Tiago Cardoso; André Luiz (Ticão 67′), Alessandro Lopes, Tiago Vieira, Durval e Badé; Bruno Lança, Jairo, e Morais (Anderson Aquino 58′); Jorge Henrique e Dinei (Dennys 77′). T: Lio Evaristo.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…