20 jan 2005 - 18h51

Maculan reclama da atuação da arbitragem

O superintendente de futebol do Atlético, Alberto Maculan, não gostou da atuação do árbitro Maurício Batista dos Santos no jogo desta tarde na Vila Olímpica. O dirigente acredita que o árbitro foi muito conivente com as jogadas mais ríspidas do Império, que “entrou para bater”, conforme definiu.

“Só bateram no nosso time e o juiz deixou. Ele só expulsou porque não tinha mais jeito. O Império entrou para bater e o juiz deixou. Tem que aplicar a regra, falta sem bola, falta por trás, tem que ser punido. Mas o juiz não foi enérgico assim e deixou o jogo correr desta maneira. Só faltou tirarem sangue do Jorge Henrique”, disse, referindo-se às constantes faltas sofridas pelo atacante atleticano.

Maculan revelou que existe a preocupação do Atlético com a arbitragem no Estadual, principalmente na questão disciplinar. “Estamos sim preocupados com a atuação da arbitragem no Paranaense. Afinal, não podemos correr o risco de colocar um jogador em campo e quebrarem a perna dele ou ter uma contusão séria”, desabafou.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…