25 jan 2005 - 22h25

Há nove anos, Furacão goleou a Ucrânia

A relação do Atlético com a Ucrânia antecede à negociação dos jogadores Ivan e Jadson com o Shakhtar. Para começar, Curitiba é uma cidade fortemente influenciada pela tradição ucraniana. No final do século XIX e início do século XX, milhares de ucranianos se instalaram no Paraná, estabelecendo a maior colônia da Ucrânia no país. Dos mais de quatrocentos mil descendentes que vivem no Brasil, cerca de 350 mil estão em cidades paranaenses. Muitos deles, torcedores do Atlético.

Atualmente, há dois logradouros públicos em homenagem à Ucrânia em Curitiba: a Praça da Ucrânia, no Bigorrilho e o Memorial da Imigração Ucraniana (foto), no Parque Tingüi.

Atlético 5 x 3 Ucrânia

Em fevereiro de 1996, o Atlético jogou uma partida amistosa contra a Ucrânia na antiga Baixada. O time era comandado pelo técnico Emerson Leão, que contava com a inspirada dupla Oséas e Paulo Rink, além de jogadores que se destacaram no clube, como Ricardo Pinto, Matosas e Andrei.

A Ucrânia havia enfrentado a Seleção Brasileira dias antes em Uberlândia e tinha perdido por apenas 1 a 0. Jogando no Joaquim Américo, o Furacão atropelou. Venceu por 5 a 3, com gols de Luiz Carlos (2), Oséas (2) e Jean Carlo. Confira a ficha técnica da partida:

Amistoso – (16/02/96) – Atlético 5 x 3 Seleção da Ucrânia
L: Baixada; H: 17h; A: José Carlos Marcondes (PR); CA: Sirota, Kurilenko, Kosar, Jewtuschok, Bagnut, Skripnik, Valdo e Jean Carlo; G: Paljanitza, aos 3, Luiz Carlos, aos 6, Moskwin, aos 11, Luiz Carlos, aos 43, e Oséas, aos 45 do 1°; Oséas, aos 10, Jean Carlo, aos 11 e Topschiew, aos 33 do 2°.

ATLÉTICO: Ricardo Pinto; Pavão (Valdo), Luís Eduardo, Andrei e Elias; Alex Lopes, Sidcley (Matosas), Jean Carlo e Luiz Carlos; Oséas (Jorginho) e Paulo Rink (Nick). T: Emerson Leão.

SELEÇÃO DA UCRÂNIA: Sirota; Kurilenko (Topschiew), Jewtuschok (Gorile), Kosar e Bagnut (Kovaljuk); Polunin, Sacharov (Iakopenko), Skripnik e Paljanitza; Mizin e Moskwin. T: Stange.



Últimas Notícias

Brasileiro

Saudades do ex? Por aqui, não.

Pela terceira rodada do Brasileirão, o Athletico foi até Porto Alegre para enfrentar o Grêmio de Tiago Nunes. Surpreendente na escalação, António Oliveira iniciou o…