O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
17 fev 2005 - 8h46

O campeonato é o Estadual, mas estarei lá…

Há tempos, paira no ar a controvérsia sobre a utilidade do Campeonato Estadual. Muitos são a favor da sua completa extinção, sob os argumentos de que é um torneio deficitário, a fórmula é desgastada, o ingresso não compensa (com certeza), um campeonato regionalizado seria melhor, entre outros.

Já outra parcela igualmente grande de torcedores defende a manutenção do campeonato, afinal, é um campeonato da casa onde a chance deste terminar com um clássico é praticamente certa.

Eu, particularmente, gosto do Estadual, mais, talvez, por uma questão de saudosismo e bairrismo, das viagens ao interior, e principalmente, é claro, dos ATLEtibas, que, queiram ou não, é a melhor partida para se assistir… já dizia alguém, ATLEtiba de futebol de botão é mais importante que Brasil e Argentina em Copa do Mundo. Concordo e assino embaixo.

Todavia, confesso que o campeonato, para mim, foi empolgante até o ano de 1998, quando fomos campeões em uma melhor de três contra o time verde ganhando as duas últimas (4 x 1 e 2 x 1) com um esquadrão que tinha, entre outros, Flávio, Luisinho Netto, Paulo Miranda, Alex Oliveira, Warley e Tuta (que se machucou no decorrer do torneio mas terminou artilheiro).

De lá para cá, mesmo com o nosso Tricampeonato, acho que o Estadual foi perdendo força, ainda mais com o Brasileirão iniciando mais cedo e, desde a divulgação da tabela, já começa a desviar a atenção da torcida. Também a qualidade dos times do interior que já era ruim foi degradando-se cada vez mais – não dá para se iludir com ACP, ADAP, Roma e similares – culminando com um campeonato que, na sua fase inicial torna-se às vezes desinteressante e chato.

Uma situação que ilustra bem essa questão é o caso do Império do Futebol – que time é esse, de onde veio, o que faz aqui ??? Neste feriado de carnaval naveguei por alguns sites futebolísticos e, em um deles, futebolinterior.com.br, que destaca as equipes do interior de São Paulo (o único Estadual que, ao que parece, dá renda), tem um banner intitulado “Quer ser jogador de futebol profissional ??? Clique aqui”…. adivinhem o que aparece ??? O Império do Futebol, time de empresários paulistas que escolheram o Paraná para jogar, pois em São Paulo, muito provavelmente, eles não conseguiriam passar sequer da terceira divisão… aqui, é bem mais fácil disputar a primeirona com os grandes e colocar os jogadores na vitrine…. outro bom exemplo disso é o Roma, que de Apucarana não tem nada.

Mas, como eu gosto de assistir a qualquer partida, acho que para o Furacão o Paranaense é um bom treino, dá para avaliar atletas que tenham condições de continuarem a vestir o Manto Sagrado Rubro-Negro, principalmente em ano de Libertadores, se bem que prefiro acreditar que o Atlético joga conforme o adversário, pois, pelo que tem mostrado até aqui, ainda temos que jogar muito para ir longe no torneio intercontinental.

Então, como estou escrevendo este texto antes da partida contra o Malutrom, independente do nível da partida, obviamente estarei na Arena às 19 horas tomando uma cerveja gelada e acompanhando o Atlético novamente, assim como no velho gritos de guerra: “Eu te amo, Furacão, eu te amo…. no Pinheirão, na Baixada ou na p.q.p !!!!”



Últimas Notícias

Sul-Americana

Tá ruim mas tá bom

Pela repescagem (ou playoff) da Sul-Americana, no Paraguai, Cerro Porteño 1 x 1 Athletico. No segundo jogo de Martin Varini no comando técnico do Athletico,…