16 mar 2005 - 14h01

Lançada a nova Kyocera Arena

Uma nova fase na história do Atlético foi iniciada nesta quarta-feira. Em evento realizado na manhã desta quarta-feira na sede da Fecomercio, em São Paulo, o Clube Atlético Paranaense e a Kyocera anunciaram oficialmente a assinatura de um contrato de três anos, em termos inéditos no futebol brasileiro.

O lançamento no Paraná ocorrerá na manhã desta quinta-feira, mas a Furacao.com antecipa alguns detalhes do contrato envolvendo o Furacão e a Kyocera que foram revelados durante a entrevista coletiva realizada em São Paulo.

No evento, o Atlético foi representado pelo presidente João Augusto Fleury da Rocha, pelo presidente do Conselho Deliberativo Mario Celso Petraglia e pelo diretor de marketing Mauro Holzmann, além da equipe de assessoria de comunicação. A Kyocera foi representada por Tsutomu Toyofuku, Peter Hendrick e Akihiro Nasu. O contrato foi assinado pela Kyocera Mita America, braço da multinacional de origem japonesa.

"Naming rights"

Como já havia sido divulgado pela Furacao.com, o contrato firmado com a Kyocera é inédito no futebol brasileiro. Envolve especialmente a questão dos "naming rights" (ou cessão do direito do uso do nome). Com isso, o estádio atleticano passará a ser identificado por Kyocera Arena. O nome já foi inclusive marcado na fachada do estádio e em diversas áreas internas.

"Kyocera Arena será um nome fantasia, para fins comerciais. O nome Joaquim Américo continua preservado. Aliás, esse nome não pode ser alterado porque está no coração dos atleticanos, isso está fora de questão", afirmou Mario Celso Petraglia, revelando que o nome oficial do estádio permanece o mesmo, em sinal de homenagem à família Guimarães.

Além disso, o estádio continuará sendo chamado carinhosamente de Baixada, mas o nome utilizado para fins comerciais será Kyocera Arena. O contrato tem duração de três anos, com possibilidade de renovação por mais dois anos. Os valores não foram oficialmente divulgados, em respeito a uma cláusula contratual.

Administração da Arena

O contrato com a Kyocera não envolve a administração da Arena. O Atlético continuará responsável por operar e manter o estádio. A Kyocera exibirá seu nome e terá direito sobre uma parcela da publicidade. "O acordo com a Kyocera e o clube estabelece o patrocínio do estádio e da camisa, não mais do que isso", informou Petraglia.

Muitos títulos

Em seguida aos atleticanos, foi a vez de os diretores da Kyocera falarem sobre o contrato. O vice-presidente da Kyocera Mita America, Tom Toyofuku, revelou que a empresa inaugurará uma sede em São Paulo nos próximos dias. Será o primeiro passo para a inserção da multinacional com força total no Brasil.

"Nós estamos muito satisfeitos em patrocinar um clube como o Atlético, antecipando a inauguração da nossa nova unidade aqui em São Paulo", declarou Toyofuku.

O vice-presidente ressaltou ainda que a empresa fará todo o possível para ajudar o Furacão a conquistar títulos. "Vamos unir forças para que o Atlético continue no topo e, principalmente, conquiste títulos", apontou.

O diretor de comunicação e marketing da Kyocera, Peter Hendrick, disse que espera que a empresa traga sorte ao Furacão. Ele brincou dizendo que o logotipo da Kyocera tem origem em um 8 estilizado e que o número 8 é um número de sorte no Japão.

Estrutura foi fundamental

A Kyocera Mita terá uma sede em São Paulo, mas optou por associar sua imagem à de um clube do Paraná. Essa questão foi suscitada durante a entrevista coletiva e respondida por Akihiro Nasu, conselheiro para assuntos corporativos.

"A impressão é que os administradores do clube (Atlético) são muito sérios e nos últimos cinco anos levaram o clube ao topo do futebol brasileiro. Nós visitamos a estrutura do Atlético e ficamos muito felizes com o que vimos. Isso foi determinante para a assinatura da parceria", observou Nasu.

Patrocínio da camisa

Além do contrato envolvendo o nome do estádio, a Kyocera assinou outro contrato com o Atlético, de patrocínio dos uniformes esportivos. A empresa exibirá sua marca nas camisas utilizadas por todas as categorias do clube. Nesta quarta, foram exibidos três modelos de camisas com a marca da Kyocera, mas a estréia só deverá ocorrer daqui a alguns dias. O certo é que no próximo jogo da Libertadores, contra o América de Cáli, a nova camisa já será utilizada.

O primeiro uniforme continua exatamente igual ao atual, apenas com a inserção do nome Kyocera. A camisa preta também não sofreu modificações, apenas recebendo a marca do novo patrocinador. A grande novidade é a volta da camisa branca, com detalhes em rubro-negro.

Investimentos

Os valores recebidos pelo patrocínio não terão, inicialmente, um destino específico. Servirão para sustentar as obras de ampliação do CT do Caju, melhorias e manutenção da Arena e despesas com o time de futebol.

Repercussão

A entrevista coletiva em São Paulo foi bastante concorrida. Diversos veículos de comunicação de São Paulo enviaram jornalistas para cobrir o evento. As emissoras de televisão Sportv e ESPN Brasil, além de jornais como Lance! e Folha de S.Paulo e revistas como a Placar marcaram presença na solenidade.

Veja o que a Furacao.com já publicou sobre o assunto:
16/03/2005 – Executivo da Kyocera deseja títulos
16/03/2005 – Diretoria quer preservar "Joaquim Américo"
16/03/2005 – Kyocera lança novos modelos de celulares
16/03/2005 – Furacão voltará a ter camisa branca
16/03/2005 – Negociação com a Kyocera durou quatro meses
16/03/2005 – Patrocínio renderá US$ 2 mi por ano
16/03/2005 – Nome da Arena também foi oferecido à Claro
16/03/2005 – Clear Channel ajudou na busca do investidor
16/03/2005 – Novo patrocínio estimula especulações
16/03/2005 – "Naming Rights" dominam o esporte dos EUA
16/03/2005 – Distintivo do Atlético volta à Arena
16/03/2005 – Opinião de Ricardo Campelo: Um novo passo
15/03/2005 – Veja fotos das torres da Kyocera Arena
15/03/2005 – Visual da Arena já está modificado
15/03/2005 – Opinião de Eduardo Aguiar: Super trunfo
14/03/2005 – Lançamento da parceria será na quarta
14/03/2005 – Fórum antecipou patrocínio da Kyocera
14/03/2005 – Adesivos da Kyocera são colocados na Arena
12/03/2005 – Furacao.com entrevista Mauro Holzmann
14/02/2005 – Baixada poderá ser Arena Kyocera
02/02/2005 – Atlético pode trocar de patrocinador



Últimas Notícias

Brasileiro

Saudades do ex? Por aqui, não.

Pela terceira rodada do Brasileirão, o Athletico foi até Porto Alegre para enfrentar o Grêmio de Tiago Nunes. Surpreendente na escalação, António Oliveira iniciou o…