25 abr 2005 - 12h15

Diego revela que grupo tinha pacto

O goleiro Diego do Atlético-PR deixou o gramado após a derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta, pedindo paciência à torcida rubro-negra. Ele afirmou que o campeonato está apenas no início e não deve haver precipitação.

"Temos que ter paciência. Esta será nossa primeira semana de treinos com o Edinho. Até agora ele estava só na teoria porque a gente não tinha tempo para treinar, estávamos só jogando. Foi uma jornada cansativa", disse.

Apesar da derrota na estréia, Diego disse que o que mais o chateou foi a quebra de um pacto feito entre todo o elenco.

"Antes de começarmos o Brasileiro fizemos um pacto de não perdermos em casa, mas infelizmente isso aconteceu na primeira rodada", contou.

Ele pediu ainda para que não haja críticas aos jogadores que estrearam hoje no time, os quais a torcida ainda não está acostumada aos nomes. Para o goleiro, eles precisam de apoio para que recuperem a auto-estima.

"Temos que dar tranqüilidade e confianças aos jogadores que entraram hoje pela primeira vez. Nós que estamos a mais tempo na equipe temos que passar um pouco da experiência também. Agora vamos ter que fazer por merecer e trabalhar para isso não se repetir", comentou.



Últimas Notícias

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…