O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
1 maio 2005 - 16h26

Como se ninguém percebesse…

A “mídia” futebolística do eixo Rio-São Paulo é mesmo de uma comovente mediocridade terceiromundista (de se perceber que o Brasil, há muito tempo, deixou de ser aquela territorialmente imensa “republiqueta de bananas” de quinto mundo). Fazem o possível para “passar” para quem os assiste (inevitáveis vítimas do monopólio nacional da telecomunicação) de que estão tão “distantes” do que acontece nas “províncias” que são capazes de “noticiar” -como ontem aconteceu no programa esportivo da Sportv, que vai ao ar tão logo termina a rodada do campeonato nacional-, de que hoje (domingo, 01 de maio de 2005), quem iria jogar contra o Juventude seria o “Atlético Mineiro” (com vinheta escrita e tudo). O Atlético Mineiro, a propósito, poucos minutos antes, tinha acabado de empatar com a “Ponte Pina de Campreta” -como diria o repórter rubro-negro do século XX, Remy Tissot-, por 3 x 3. O pior de tudo é que, ato seguido, quando os experts integrantes daquela seleta “sala de debates” voltaram a “adornar” o vídeo -como que fazendo ressurgir, num repente, em carne e osso e em pleno início do terceiro milênio, o antológico trio cômico “Os Três Patetas”)-, nenhum deles foi capaz de se atrever a corrigir o erro; e não o fizeram porque, com absoluta certeza, como de há muito sabemos, ele (o “erro”),fazia parte do prévio script do programa. A propósito, lembrei-me nessa ocasião daquele famoso trio das telas de cinema não só pela aparente ignorância e mediocridade que então representavam nas telas para nos divertir, mas, principalmente, pela semelhança física e vocal existente entre ambos (os trios): um, de cabelos bastos e negros, bem falante e que liderava os demais; outro, calvo e de opiniões caudatárias e , o terceiro, com características únicas de dicção: éééé….eu acho…ééééé …que…ééééé…Tenham mais cuidado com suas imagens, pois, talentosos jornalistas -que vocês realmente o são- ; não se deixem “robotizar” a tal ponto pela empresa Global -como a tantos aconteceu-. Em se tratando de “formadores de opinião”, personalidade é atributo de fundamental importância. Não bastasse isso, também o Lance seguiu o mesmo exemplo (trocar, propositalmente, o Furacão pelo Galo Mineiro, a pretexto de informar seus leitores a respeito do jogo de hoje). É muita pretensão dessa rapaziada, não é? Ah…os nomes dos sobreditos apresentadores? Pois não: Luiz Carlos Arutim (o líder); Alessandro Assaf (o calvo) e…ééé…Joséééé….ééé…Maria de Abreu (o terceiro). Que tal, gostaram da “notícia”? Ah…não esqueçam que, hoje (domingo, 01 de maio de 2005), o Coritiba Foot Ball Club estará jogando, no estádio Major Antonio Couto Pereira, contra a Portuguesa Santista, cujo ponto esquerda é o jovem Tuíco e que possui em sua equipe uma grande revelação: Rubinho…E querem saber mais? VÃO LAMBER SABÃO!!!



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

O que já sabíamos!

“Já se sabe que foi um erro o que aconteceu, os amistosos não terem acontecido, e não ter disputado o Estadual porque a preparação ficou…