11 maio 2005 - 1h25

Alan Bahia, Diego e Marcão não foram vaiados

Apesar da revolta geral na Baixada com a goleada por 4 a 0 para o Independiente Medellín, a torcida atleticana reconheceu o esforço de três atletas do clube. O goleiro Diego, o zagueiro Marcão e o volante Alan Bahia (que não estava em campo, cumprindo suspensão) foram os únicos que se salvaram da ira das arquibancadas.

O trio é considerado pela torcida atleticana como "símbolos da raça ao clube", tornando verdade a famosa frase do hino do Atlético: “a camisa Rubro-negra só se veste por amor”. E, numa prova de que reconhece esse sentimento nesses três jogadores, os torcedores gritaram seus nomes, mesmo com a goleada na partida.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…