28 maio 2005 - 20h23

Mãe de Marinho é libertada pelos seqüestradores

O seqüestro da mãe do zagueiro Marinho, do Corinthians, acabou neste sábado após quase um mês e dona Alice Nazareth já está novamente com os familiares. O jogador, que ficou afastado da equipe durante todo esse período, não irá se pronunciar sobre o desfecho do caso de imediato. A assessoria de imprensa do clube avisou que o defensor deve conceder uma entrevista coletiva na segunda ou terça-feira.

A mãe do corintiano foi levada por bandidos quando entrava em sua residência, na cidade de Santos, no último dia 3 de maio. Dona Alice foi libertada neste sábado na região de São Vicente, também na Baixada Santista. Segundo informações até o momento, nenhum seqüestrador envolvido no caso do zagueiro Marinho foi detido pela polícia.

Marinho disputou a temporada de 2004 pelo Atlético e foi um dos destaques da equipe vice-campeã brasileira.



Últimas Notícias