9 jun 2005 - 17h34

Modelo de gestão do Atlético é referência em livro francês

O modelo administrativo criado pelo Atlético para gerir suas ações nos últimos dez anos ganhou destaque numa das mais importantes publicações de Marketing Esportivo do mundo. O livro "Marketing e Futebol: Uma perspectiva Internacional", desenvolvido por especialistas franceses no mercado do futebol cita o Furacão.

A obra reúne artigos e estudos sobre o planejamento desportivo no futebol mundial e possui um capítulo especialmente dedicado ao futebol brasileiro. A organização do texto foi feita pelo especialista em gestão desportiva, Grégory Bolle, e pelo âncora das conferências da Universidade de Paris, Michel Desbordes. O Atlético é uma das principais referências. Sob o título "Le foot-business au Brésil, un modèle de gestion original: application au club de I’Atlético-PR" (O Negócio do futebol no Brasil um modelo de gestão original: aplicação do Clube Atlético Paranaense), os autores dedicam 14 páginas à descrição e avaliação do planejamento desenvolvido e aplicado pelo clube na gestão do futebol. A composição do artigo ficou a cargo do consultor de marketing esportivo, professor Amir Somoggi.

As primeiras páginas do capítulo montam um amplo painel sobre o futebol brasileiro, tratam de questões como a legislação desportiva (Lei Pelé, Lei Zico, Estatuto do Torcedor), o mercado televisivo e a necessidade da criação de projetos para alavancar o negócio do futebol no país. Da metade do capítulo em diante o tema passa a ser "O exemplo brasileiro: O Clube Atlético Paranaense". O livro faz uma análise completa do clube, trazendo informações precisas sobre história, títulos, estrutura e, principalmente, o modelo de gestão aplicado nos últimos anos. Com gráficos e estatísticas que mostram o crescimento do Atlético no cenário nacional e internacional, os autores enaltecem cada uma das etapas do processo de reestruturação do Rubro-negro. O texto destaca a importância da internacionalização do clube, num momento de intensa expansão dos investimentos no mercado do futebol.

Outros clubes citados no livro foram os seguintes: Juventus, Barcelona, Milan, Internazionale, Roma, Lyon, Porto, Vicenza, Palmeiras e Atlético Mineiro.

Exemplo a ser seguido

O Atlético desenvolveu um planejamento para dez anos de trabalho, com três etapas a serem cumpridas. A primeira envolvia a recuperação da imagem, da auto-estima e da credibilidade moral e financeira do clube. Além disso, previa a construção de uma moderna Arena multi-eventos. Na segunda fase, o desafio seria investir em infra-estrutura e recuperar a hegemonia do futebol paranaense. As duas primeiras etapas foram cumpridas com sucesso e delas surgiram os maiores orgulhos de toda nação atleticana: uma excelente estrutura (CT e Arena) e o reconhecimento nacional e internacional.

A terceira fase do planejamento estratégico do Furacão ainda está sendo implantada, mas, mesmo assim, muitos objetivos importantes já foram alcançados. Um exemplo é o contrato de naming rights firmado com a Kyocera, no começo deste ano.

Resultados

Dez anos, oito títulos e uma estrutura que impressiona a todos que conhecem o mundo do futebol. Do ano de 1995 aos dias atuais, o Atlético cresceu muito e driblou as maiores dificuldades doa realidade brasileira. Neste período o Rubro-Negro conquistou a hegemonia no Paraná com cinco campeonatos estaduais, chegou a três títulos nacionais (Serie B – 1995 – Serie A – 2001 e a Seletiva para Libertadores em 1999) e já acumulou três participações na maior e mais importante competição do continente: a Libertadores. Todos esses feitos são resultados decorrentes do minucioso planejamento do clube, agora reconhecido como exemplo pelos franceses.

Reconhecimento

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Mario Celso Petraglia, o capítulo dedicado ao Atlético no livro francês é um reconhecimento ao trabalho desenvolvido no clube. "O nosso planejamento despertou interesse por que todos os objetivos estão sendo atingidos com muito sucesso. É muito importante que o clube tenha este tipo de reconhecimento, principalmente porque são especialistas muito respeitados na área de gestão desportiva internacional", afirmou.

Petraglia ainda enalteceu a importância de se "prever o futuro" no mercado do futebol: "O Atlético se antecipou e realizou um planejamento para o futuro e tudo está saindo conforme o planejado. Hoje em dia, este tipo de projeção é essencial para que o clube cresça de acordo com às necessidades do mercado externo."

Como comprar

O livro "Marketing e Futebol: Uma perspectiva Internacional" custa 19 euros mais a taxa de postagem (5 euros) e é uma publicação em francês, mas está a disposição para compra via Internet: http://www.infosport.org/sport/accueil.nsf/0/0CFD0EEC6B97F417C1256FAF0054003A?OpenDocument.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…