10 jun 2005 - 12h27

Pena de interdição da Arena pode ser reduzida

No dia 30 de maio, o Atlético foi condenado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva a pagar uma multa de R$ 60 mil e ficou impossibilitado de mandar dois jogos em seu estádio. O clube foi a julgamento em função do relato do árbitro gaúcho Leonardo Gaciba da Silva de que teriam sido arremessadas bombas no gramado da Kyocera Arena pela torcida atleticana durante a partida contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.

O clube, contudo, apresentou recurso contra esta decisão pedindo a reforma da decisão ou a diminuição da pena. Como o julgamento do recurso só acontecerá na semana que vem, a partida contra o Figueirense não poderia ser alterada, ainda que o Atlético seja vitorioso no julgamento. Entretanto, caso a punição seja reduzida, o Furacão poderá mandar o jogo contra o Fortaleza, dia 26/06, na Baixada e com a presença da torcida.

Precedente

O Corinthians, que havia sido punido com a realização de três partidas com portões fechados, conseguiu ontem provimento a seu recurso e teve sua pena para duas partidas. No caso do clube paulista, a punição ocorreu por fato ainda mais grave: a invasão do campo por diversos torcedores na partida contra o São Paulo.

No Campeonato Brasileiro de 2004, o Atlético chegou a ser punido e perdeu o mando de campo por duas partidas, e teria que enfrentar Internacional e Criciúma fora de Curitiba, de acordo com o regulamento antigo. Porém, com uma boa defesa jurídica o clube obteve provimento em sede recursal e teve a pena reduzida para apenas uma partida (contra o Internacional, disputada em Goiânia).



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…