13 jun 2005 - 15h06

Gallo elogia a estréia de Giovanni no Santos

O Santos passa a pensar só no jogo contra o Atlético, quarta-feira, na Vila Belmiro, que vale a classificação para a semifinal da Copa Libertadores. O técnico Gallo conta com a volta do meia Ricardinho e do lateral-direito Paulo César, mas deixou o campo preocupado com a contusão do volante Fabinho no empate por um gol contra o Fluminense, neste domingo, na Vila Belmiro, pelo Brasileiro.

O meia-atacante Giovanni não teve a estréia que pretendia. "Não esperava esse empate", admitiu o recém-contratado, já preocupado com o jogo de quarta-feira contra o Atlético. "Agora temos de esquecer essa partida e só pensar na próxima, que vale a classificação na Libertadores."

O jogador, que voltou ao Santos depois de nove anos no exterior, confessou que se cansou um pouco no final da partida. "Mas isso é normal, tenho que continuar trabalhando para melhorar a parte física e me readaptar o mais rapidamente possível ao futebol brasileiro", contou Giovanni. Ele, inclusive, foi muito bem recebido pela torcida santista. "Fiquei feliz com esse carinho e respeito e espero retribuir dentro de campo", avisou.

Gallo gostou da estréia de Giovanni. "Ele teve bons momentos e suportou fisicamente", disse o treinador. "Está se readaptando ao futebol brasileiro e vai se entrosando mais com os jogadores, está conhecendo melhor o grupo."



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…