16 jun 2005 - 10h43

Chivas tenta revogar suspensão de Bautista

O atacante Adolfo “Bofo” Bautista foi expulso no empate do Chivas com o Boca Juniors por 0 x 0, em Buenos Aires, na última terça-feira, pela partida de volta das quartas-de-final da Copa Libertadores, após uma confusão envolvendo também o jogador Palermo, do Boca. Bautista estava amarrando o jogo após sofrer uma falta, o que revoltou o jogador argentino que o agrediu. O árbitro acabou expulsando os dois jogadores, e quando o mexicando deixava o gramado, levou uma cusparada do técnico do Boca, Jorge Benitez. Além de tudo, ainda levou um soco de um torcedor do Boca quando se aprovimava do túnel para o vestiário.

A princípio, o jogador mexicano está suspenso para a primeira partida das semifinais, contra o Atlético, na Kyocera Arena. Contudo, a diretoria do clube mexicano promete recorrer à Conmebol para revogar a suspensão, ao seu ver injusta.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…